[FOTOS] Arquivo Público resgata história do Carnaval pernambucano

Exposição mostra curiosidades e fatos interessantes sobre a folia no Estado com rico acervo de imagens

Félix Filho, diretor do Arquivo Público de PernambucoFélix Filho, diretor do Arquivo Público de Pernambuco - Foto: Anderson Stevens

Com o tema “Carnaval da Memória”, o Arquivo Público de Pernambuco Jordão Emerenciano está com uma exposição especial aberta ao público até o próximo dia 23, das 8h às 17h, com entrada gratuita. Na sede da instituição, localizada na rua do Imperador Dom Pedro II, no bairro de Santo Antônio (Centro do Recife), constam as primeiras notícias publicadas nos jornais pernambucanos sobre o desfile do Galo da Madrugada - que este ao comemora 40 anos de história e tradição.

Há também registros de blocos de rua antigos, como o já extinto Maracatu Baiano, de Campo Grande, em 1933, solicitando à polícia da época autorização para sair nas ruas da Capital. Há ainda exemplares de jornais do século 19 que eram publicados excepcionalmente no período de Momo com as composições das marchinhas e dos frevos.

“Nós recebemos visitantes de todo o Brasil. A ideia da exposição, que está em sua terceira edição, é mostrar o resgate histórico do Carnaval através do nosso acervo”, afirma o diretor do Arquivo Público, Félix Filho.

A exposição ainda mostra outras curiosidades e fatos interessantes sobre o Carnaval pernambucano com imagens, que, segundo Félix Filho, provavelmente são da década entre 1950 e 1960. “Essas imagens pertenciam ao arquivo do Departamento de Ordem Política e Social (Dops). Nós acreditamos que seja de um fotografo preso ou investigado na época”, explica o diretor.

São fotos mostrando os corsos carnavalescos, que promoviam desfiles utilizando carros de luxo abertos e ornamentados. Há também pessoas fantasiadas de caboclinhos e papangus e desfile de troças conhecidas até hoje, como a Vassourinhas.

Veja também

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana
EUA

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana

Presidente parece torcer contra a vacina de Covid-19, diz Doria
Coronavírus

Presidente parece torcer contra a vacina de Covid-19, diz Doria