[Fotos] Olinda Beer atrai multidão de brincantes neste domingo

São nove apresentações ao longo das 12 horas de programação, que inclui nomes como Wesley Safadão, Léo Santana, Marília Mendonça e Anitta

Olinda Beer reúne milhares de foliões neste domingoOlinda Beer reúne milhares de foliões neste domingo - Foto: Arthur de Souza / Folha de Pernambuco

Um clima de euforia toma conta da 21ª edição do Olinda Beer, que ocupa, neste domingo (4), o estacionamento do Centro de Convenções. Com uma multidão que lota cada canto da área designada para o evento, a maratona de shows — são nove apresentações ao longo das 12 horas de programação — traz consigo muita festa, alegria e, principalmente, energia do público, que aguenta de pé o ritmo acelerado que inclui Wesley Safadão, Léo Santana, Marília Mendonça e Anitta.

A proposta desse ano deixa-se clara no tema da edição: “Junta todo mundo”. É que, em virtude da grande gama de artistas que vem fazendo sucesso atualmente, o Olinda Beer resolveu juntar e misturar todos os estilos e gêneros musicais. O casal Caio Soares e Ian Vinícius veio ao evento pelo primeiro ano por causa da ídola Anitta.

Leia também:
Hora de juntar todo mundo no Olinda Beer
Virgens do Bairro Novo desfilam pelo 65º ano em Olinda


“Nós gostamos muito de Anitta e achamos que era uma oportunidade única de vê-la aqui em Recife, principalmente por causa do preço”, elogiou Caio, que se prepara para dançar “Vai malandra”, um dos hits da cantora, no meio da multidão. Ian, que também é fã de Marília Mendonça, concordou. “Vale muito a pena”, avaliou. “Dá para curtir o show das duas de uma vez”.

A energia do público não dá trégua, seja enquanto entoa “Olinda, quero cantar a ti essa canção” junto a Safadão ou “faz o X” de Xandi Avião ao som de funks como “Agora vai sentar” e “Poupa da Bunda”. A estudante Maiara Souza, 19 anos, se destacou pela sua dança animada, um axé energizado. “É a sexta vez que venho, sempre para dançar muito. A dança me inspira”, disse. “Esse ano eu gostei especialmente do show de Léo Santana e estou ansiosa para Anitta, que é a primeira vez dela aqui no Olinda Beer”, comenta.

Anitta subiu ao palco já fazendo o que sabe melhor: rebolando, dançando e mesclando as diversas línguas que canta em "Is that for me", "Machika" e "Downtown". Apesar da platéia desanimada, que parecia exausta da maratona de shows, a cantora apresentou-se com energia, sempre acompanhada de seus dançarinos habilidosos que trazem à performance uma beleza única. Anitta inovou, ainda, trazendo ao palco a pernambucana MC Loma, que dançou, junto a ídola, o hit da Internet "Envolvimento".

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França