Coronavírus

França estuda restrições para Covid-19 até abril de 2021

País vive atualmente uma segunda onda da epidemia de coronavírus

França vive segunda onda da pandemia de CovidFrança vive segunda onda da pandemia de Covid - Foto: Lucas Barioleut/AFP

O governo da França deseja poder aplicar medidas para conter a Covid-19 até ao menos 1º de abril de 2021 , segundo um projeto de lei apresentado nesta quarta-feira (21) no conselho de ministros. Essas restrições à circulação, às reuniões ou sobre a abertura de comércios, podem ser aplicadas em todo ou em parte do território e seriam adaptadas de acordo com a intensidade da epidemia. 

Depois de uma primeira onda que causou 30 mil mortes na primavera europeia e um confinamento geral de dois meses, a França vive atualmente uma segunda onda da epidemia de coronavírus. 

Ao todo, 2.168 pessoas estão atualmente em terapia intensiva (UTI), o número mais alto desde meados de maio. 33.885 morreram desde o início da epidemia. 

Desde sábado, vinte milhões de franceses vivem sob um toque de recolher noturno entre as 21h e 6h. 

Veja também

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021
educação

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial
Brasil

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial