Francisco Dirceu Barros é o novo procurador-geral de Justiça de PE

Governador Paulo Câmara ‘bateu o martelo’ nesta quarta-feira (4)

O evento idealizado pelos alunos da Facape juntamente com a Defensoria Pública de Pernambuco é intermediado pela professora de acesso à justiça, Mônica Bessa, também defensora pública.O evento idealizado pelos alunos da Facape juntamente com a Defensoria Pública de Pernambuco é intermediado pela professora de acesso à justiça, Mônica Bessa, também defensora pública. - Foto: Divulgação

O promotor Francisco Dirceu Barros é o novo procurador-geral de Justiça de Pernambuco, escolhido pelo governador Paulo Câmara na noite desta quarta-feira (4), a partir de lista tríplice. Francisco foi o segundo mais votado na eleição promovida pelo Ministério Público de Pernambuco, que aconteceu na terça-feira (3) e ainda indicou os nomes de Charles Hamilton dos Santos Lima e José Paulo Cavalcanti Xavier Filho para a análise do governador. O novo procurador-geral fica no cargo no biênio 2017/2019.

Francisco Dirceu Barros é mestre em Direito (Ordem Jurídica Constitucional), especialista em Direito Penal e Processo Penal, professor da Escola Judiciária Eleitoral (EJE) no curso de pós-graduação em Direito Eleitoral, professor de dois cursos de pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal, com experiência em cursos preparatórios para concursos do Ministério Público e Magistratura, lecionando as disciplinas de Direito Eleitoral, Direito Penal, Processo Penal, Legislação Especial e Direito Constitucional. Dirceu exerceu as funções de promotor de Justiça Criminal e da Justiça Eleitoral. O novo procurador de Justiça é escritor com 67 livros jurídicos publicados. 

Veja também

Alemanha detecta primeiro caso de variante brasileira da covid-19
COVID-19

Alemanha detecta primeiro caso de variante brasileira da covid-19

Prefeitura do Cabo restringe veículos de turismo e regula horário do comércio na praia
Coronavírus

Prefeitura do Cabo restringe veículos de turismo e regula horário do comércio na praia