Frota de ônibus na RMR pode ser reduzida até 50% fora de pico

Grande Recife Consórcio permitiu às empresas diminuição para tentar garantir combustível nos horários de pico como a volta para casa

Ônibus estacionados no T.I. Joana Bezerra, área central do RecifeÔnibus estacionados no T.I. Joana Bezerra, área central do Recife - Foto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

O Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano (GRCTM), autorizou às empresas de ônibus que diminuam o número de carros em circulação em até 50% nesta quinta-feira (24), diante da criticidade do nível de combustível nos ônibus do Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP), provocada pela paralisação dos caminhoneiros.

Leia também:
Ônibus poderão parar nesta quinta, diz Grande Recife
Com redução de frota de ônibus, passageiros reclamam de demora


Em nota, o Consórcio informou que "a frota de veículos no horário de pico desta manhã, das 5h às 8h, variou de 10% a 30% a depender da operadora". E afirmou que essa medidas contingenciais são uma tentativa de prolongar o máximo possível o serviço de transporte público até a solução definitiva por parte do Governo Federal.

Veja também

Biden considera 'esmagadoras' as evidências do julgamento da morte de George Floyd
EUA

Biden considera 'esmagadoras' as evidências do julgamento da morte de George Floyd

Júri do julgamento sobre a morte de George Floyd chega a veredicto
EUA

Júri do julgamento sobre a morte de George Floyd chega a veredicto