Educação

Funase e Fundação Terra lançam projeto de leitura para socioeducandos de Arcoverde

O projeto Biblioterapia envolve uma reflexão sobre o papel dos jovens na sociedade

A ação propõe dinâmicas sobre temáticas trabalhadas em leituras de obras literárias.A ação propõe dinâmicas sobre temáticas trabalhadas em leituras de obras literárias. - Foto: Divulgação/Funase

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e a Fundação Terra promoverão o projeto Biblioterapia para adolescentes e jovens em cumprimento de medida de internação em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. A ação propõe dinâmicas sobre temáticas trabalhadas em leituras de obras literárias. As atividades irão ocorrer ao longo dos próximos dez meses, todas as quintas-feiras, das 9h às 11h, com participação de oito socioeducandos. 

O Projeto Biblioterapia tem objetivo de ampliar o potencial das ações nessa área, por meio de discussões técnicas e em grupo sobre os temas trabalhados nas obras à disposição nas estantes. Os beneficiados poderão desenvolver, por meio da leitura, atividades de reflexão sobre construção e ressignificação de seus projetos e perspectivas de vida. A escolha dos oito participantes considerou critérios como o tempo de permanência na unidade e o interesse por leitura. 

Segundo a coordenadora técnica do Case/Cenip Arcoverde, Maria Nailma, o significado do projeto envolve uma reflexão sobre o papel dos jovens na sociedade. “É uma reflexão de vida, de se tornar protagonista de algumas mudanças importantes, de refletir sobre a sociedade, o motivo que as coisas acontecem e quem é o responsável por elas. É para melhorar a autoestima e se reconhecer como o dono da sua história”, declarou. 

 A ideia do projeto surgiu após a inauguração de um espaço de leitura no mês passado, no Case/Cenip Arcoverde, unidade da Funase no município, com intuito de estimular o hábito da leitura entre os socioeducandos. “A pedagoga da nossa unidade entrou em contato com a Fundação Terra, que trabalha nessa área cultural e profissionalizante e já desenvolveu outros projetos conosco. Uma psicóloga, uma professora e uma pedagoga desenvolvem esse trabalho, fazem leitura técnicas de grupo e dinâmicas”, explica Nailma.

 

Veja também

Encontro de líderes de Israel e da Arábia Saudita marca nova etapa no Oriente Médio
internacional

Encontro de líderes de Israel e da Arábia Saudita marca nova etapa no Oriente Médio

Olinda inicia processo de matrícula 2021 para a rede municipal
Educação

Olinda inicia processo de matrícula 2021 para a rede municipal