Fundaj oferece pós-graduação gratuita em políticas educacionais e inovação

Os alunos serão capacitados para desenvolver projetos de intervenção na educação pública brasileira; inscrições estão abertas até 10 de novembro

Felipe Oriá, diretor da EIPPFelipe Oriá, diretor da EIPP - Foto: Divulgação

A Escola de Inovação e Políticas Públicas da Fundação Joaquim Nabuco (EIPP/Fundaj) está com inscrições abertas até 10 de novembro para o curso gratuito de pós-graduação em Especialização em Políticas Educacionais e Inovação. Os alunos serão capacitados para desenvolver projetos de intervenção na educação pública brasileira.

A especialização foi lançada em 29 de setembro durante a 1ª Conferência de Inovação e Políticas Públicas e contará com professores formados em universidades como Harvard e Oxford. O curso tem previsão de início para março de 2018, no campus da Fundação Joaquim Nabuco, no Derby, na área central do Recife, e terá a duração aproximada de um ano.

Leia também:
Pós-graduação: qual o caminho?
Brasil propõe novo sistema de avaliação para educação básica no Mercosul


A inscrição é dividida em três etapas: as duas primeiras são análise curricular e análise do pré-projeto, ambas de caráter eliminatório; e a última é uma entrevista presencial, de caráter classificatório. Após a primeira etapa serão selecionados até 150 candidatos para a fase de análise do pré-projeto, conforme os critérios de avaliação elencados no edital do processo. Para a terceira etapa, serão selecionados até 60 candidatos que tiverem os pré-projetos aprovados conforme os critérios de avaliação.

As entrevistas presenciais serão realizadas entre os dias 22 e 24 de novembro, em horários posteriormente estabelecidos e previamente divulgados no site da EIPP. Ao todo, são oferecidas 30 vagas.

Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail [email protected], ou para os telefones (81) 3073-6634 e (81) 3073-6635.

Veja também

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas
Polêmica

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas

Joe Biden e Kamala Harris homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19 no país
Estados Unidos

Biden e Kamala homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19