Gaston completará 100 jogos contra o Brasil de Pelotas

O lateral está no Náutico desde 2014 e já marcou dois gols com a camisa Timbu

O Amante DuploO Amante Duplo - Foto: Internet / Reprodução

Na partida contra o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira (7), na Arena Pernambuco, o lateral-esquerdo do Náutico, Gaston Figueira, completará 100 jogos vestindo a camisa do Timbu. No clube desde 2014, o atleta já marcou dois gols e também atuou como zagueiro e como volante. Gaston falou da emoção de completar esta marca.

“É uma felicidade (chegar a marca de 100 jogos). Estava falando com minha mulher que passamos por muitos momentos bons e ruins. E agora estamos em um momento muito bom da minha carreira e na minha vida. Com 100 jogos fico com aquele sentimento de pertencer ao clube. Você vai a cada seis meses, um ano mudando de time. Vida de jogador é assim mesmo. Quando você fica muito tempo em um time vai sendo querido pela torcida. Tenho um carinho especial pelo Náutico e pela cidade do Recife”, afirmou.

O uruguaio enumerou qual o seu jogo mais importante vestindo a camisa do Náutico. "O primeiro foi o mais importante. Foi contra o Icasa, quando entrei no segundo tempo. Na partida seguinte, fui titular pela primeira vez contra o Santa Cruz na Arena. Não sei se foi especial porque empatamos, mas foi a primeira partida que comecei. Cada tem sua história, mas esse foi especial", contou.

O atleta revelou que teve que se adaptar ao estilo do futebol brasileiro. “Não posso fugir da minha característica. Meu jogo é esse. Me cobrei bastante e dei uma diminuída nesse sentido. Fiquei pendurado oito jogos e sem me segurar. Só diminuindo a força na entrada. O futebol daqui dá amarelo por qualquer falta e soube me adaptar”, disse.

Gaston declarou que a partida contra o Brasil de Pelotas é obrigação do Náutico vencer por conta da luta pelo G4. "Todo jogo da série B é bem difícil, bem complicada. Não conseguimos sair na frente nos jogos tido como confrontos direto, mas agora temos pela frente alguns deles e são diretos porque eles estão brigando pelo G4. Precisamos vencer esse jogo porque estamos em uma boa sequência na luta pelo G4 e estamos fazendo boas partidas. Estamos no caminho certo e no final tudo dará certo" afirmou.

Veja também

Elefante-marinho vira atração de surfistas e banhistas no Rio
Rio de Janeiro

Elefante-marinho vira atração de surfistas e banhistas no Rio

Mais de 2.300 idosos de abrigos são beneficiados com recursos para alimentação e higiene
PERNAMBUCO

Mais de 2.300 idosos de abrigos são beneficiados com recursos para alimentação e higiene