Giva prega 100% de aproveitamento na reta final para conquista do acesso

Para colocar o Timbu na Série A do ano que vem, sem depender de ninguém, técnico acredita que será preciso vencer os últimos quatro jogos

Jarbas Vasconcelos (MDB)Jarbas Vasconcelos (MDB) - Foto: Alan Marques

Goiás, Avaí, Tupi e Oeste. Esses são os próximos quatro jogos do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro. A sequência final que pode garantir ao Timbu o acesso à Série A ou mais um ano lamentando a falta de fôlego na reta final. Na quinta posição, com 54 pontos, a equipe terá que melhorar seu aproveitamento para retornar ao G4. Nas contas do técnico Givanildo Oliveira, a presença no grupo dos quatro melhores será alcançada, sem chances de erro, com um rendimento de 100% nos últimos 12 pontos.

“Acredito que dependemos de nós mesmos. Se ganharmos os quatro, faremos 12. Com 66 pontos estaremos, pelo menos, no quarto lugar”, afirmou o treinador. “Nenhum resultado está ajudando. Os caras estão subindo aos poucos. Bahia ganhou, Avaí também...por conta das vitórias dos outros, isso (meta) mudou”, explicou.

Com pouco tempo de descanso de uma partida para outra, Givanildo contou que o diálogo foi o artificio mais utilizado para recuperar a confiança dos atletas. “Agora está valendo muito a conversa. Tivemos uma partida e dois dias depois teremos outra. Ai depois nós vamos jogar no sábado. Somente depois teremos uma semana. Para esse jogo foi mais conversa, falando aquilo que acho que devemos ter. Ganhamos seis jogos seguidos. Por que não podemos ganhar quatro?”, apontou.

O Náutico encara o Goiás nesta terça (8), às 20h30, na Arena de Pernambuco. O Esmeraldino é o 13º colocado, com 44 pontos. Para o confronto, o Timbu terá os retornos do lateral-esquerdo Gaston, do volante Rodrigo Souza e do atacante Bergson.

Veja também

Primeiras imagens do novo acelerador de elétrons do Brasil são de proteínas do novo coronavirus
Coronavírus

Primeiras imagens do novo acelerador de elétrons do Brasil são de proteínas do novo coronavirus

Brasil: 1.071 novos óbitos e mais 39mil casos da doença neste sábado
Covid-19

Brasil: 1.071 novos óbitos e mais 39mil casos da doença neste sábado