Givanildo Oliveira não é mais técnico do Náutico

"Rei do Acesso" não ficará para a temporada 2017 do clube, que passa por reestruturação

"Bailaço de prestação de contas" será realizado nesta sexta, no pátio de São Pedro"Bailaço de prestação de contas" será realizado nesta sexta, no pátio de São Pedro - Foto: Divulgação

A Era Givanildo Oliveira teve um fim curto. O Náutico anunciou na tarde desta sexta-feira (02) a saída do treinador, que comandou a equipe na reta final da Série B em 2016.

O treinador foi anunciado no dia 5 de setembro, após a saída de Alexandre Gallo. Conhecido como o "Rei do Acesso", Givanildo levou o Náutico até o quinto lugar, disputando uma vaga na Série A até a última rodada.

Com o Timbu, foram 15 jogos, nove vitórias, dois empates e quatro derrotas, sendo a última em casa para o Oeste, na última rodada da Série B. O aproveitamento durante os quase três meses no comando da equipe alvirrubra foi de 64,4%.

Veja também

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica