Golpe 'retrospectiva 2018' no WhatsApp chega a 340 mil pessoas em 16h

O texto que acompanha o link malicioso incentiva usuários do aplicativo de mensagens a relembrar 'fotos antigas, status e conversas'

WhatsAppWhatsApp - Foto: Reprodução

Um golpe que atrai cliques para uma retrospectiva de 2018 no WhatsApp alcançou mais de 339 mil pessoas em apenas 16 horas nesta quinta-feira (20), informou o laboratório de cibersegurança da PSafe.

O texto que acompanha o link malicioso incentiva usuários do aplicativo de mensagens a relembrar "fotos antigas, status e conversas". Segundo a empresa, o golpe visa lucro por meio de publicidade e, em alguns casos, redireciona a vítima para páginas falsas de promoção que solicitam dados pessoais.

Leia também:
Clientes do Banco do Brasil poderão usar WhatsApp para fazer saques
Youtuber assume áudios no WhatsApp imitando Bolsonaro


Com as informações, criminosos podem vender dados pessoais na deep web, fazer compras falsas na internet ou cometer crimes de falsidade ideológica. Os profissionais de segurança da informação alertam para a necessidade de checar com as empresas se elas estão oferecendo os serviços e promoções em questão.

A PSafe oferece uma checagem rápida que detecta se o o link é malicioso ou não no endereço: www.psafe.com/dfndr-lab/pt-br. O truque trata-se de um phishing, prática que tenta 'lançar uma isca' a pessoas na internet.

Veja também

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas
Polêmica

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas

Joe Biden e Kamala Harris homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19 no país
Estados Unidos

Biden e Kamala homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19