Vacinação

Paulo Câmara recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Governador recebeu a primeira dose da vacina da AstraZeneca/Fiocruz

Paulo Câmara (PSB-PE) recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19Paulo Câmara (PSB-PE) recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19 - Foto: Aluisio Moreira/SEI

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB-PE), recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, na manhã desta sexta-feira (11). O imunizante aplicado foi a da AstraZeneca/Fiocruz, no posto de vacinação drive-thru da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), no bairro de Dois Irmãos, no Recife.

Câmara fez o agendamento da vacina, na última quarta-feira (9), pelo site do Conecta Recife e agradeceu a oportunidade.

“Estou muito feliz em ter a oportunidade de me vacinar. Quero parabenizar a todos que fazem a saúde pública de Pernambuco e a prefeitura do Recife pela organização. É satisfatório saber que estamos dando passos importantes para ajudar o Brasil e Pernambuco a enfrentarem essa pandemia com a vacinação. Vamos nos vacinar para podermos avançar e, no futuro próximo, voltarmos à normalidade”, destacou.

O momento foi realizado na companhia das filhas Clara e Helena. Ele também estava ao lado do secretário estadual de Saúde, André Longo; do prefeito do Recife, João Campos; e da secretária de Saúde do município, Luciana Albuquerque, além do reitor da UFRPE, Marcelo Carneiro.
 



Além disso, o governador também aproveitou para fazer uma convocação a quem já tomou a primeira dose, para que fique atento à data da segunda aplicação.

"Não vamos deixar de tomar a segunda dose. É muito importante completar o ciclo de imunização. Ao se vacinar, você não está apenas se protegendo, mas a todos que lhe acompanham, que estão ao seu redor”, completou.

Dessa forma, o responsável pela aplicação foi o técnico em enfermagem José Anízio. O profissional da saúde ressaltou a satisfação de participar desse momento de esperança na vida da população.

“É uma felicidade imensa ver as pessoas sorrindo, e até mesmo chorando de alegria por estarem sendo imunizadas. É um momento de êxtase muito grande, tanto para mim quanto para elas, e também para o resto do mundo”, enfatizou Anízio.

 

Veja também

Brasil reabre fronteira com Venezuela após mais de 1 ano, mas limita entrada
FRONTEIRAS

Brasil reabre fronteira com Venezuela após mais de 1 ano, mas limita entrada

Brasil tem 18,2 milhões de casos acumulados de covid-19
Coronavírus

Brasil tem 18,2 milhões de casos acumulados de covid-19