Governo anuncia convocação de 500 PMs na segurança do Estado

Efetivo deverá começar a atuar no início do próximo ano, mas ainda não há definição sobre os locais

Governador assinou a nomeação durante reunião do Pacto pela VidaGovernador assinou a nomeação durante reunião do Pacto pela Vida - Foto: Hélia Scheppa/SEI

Um efetivo de 500 novos policiais militares para atuar na Segurança Pública do Estado foi anunciado pelo governador Paulo Câmara durante reunião do Programa Pacto pela Vida, nesta quarta-feira (5). A previsão é de que os aprovados no concurso de praças da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) comecem a atuar no início de 2020.

O contigente iniciará em 1º de julho o Curso de Formação e Habilitação de Praças (CFHP), com duração de seis meses e previsão de término para a primeira quinzena de dezembro. Essa, segundo o Governo do Estado, é a última etapa do concurso, que teve provas objetivas realizadas em agosto de 2018. Ao término do curso, todos estarão apto a atuar no policiamento ostensivo.

Leia também:
Homicídios caem 27,6% no 1º trimestre de 2019 em Pernambuco
Mais de 90 municípios de Pernambuco não registraram assassinato em abril, diz SDS

Com a chegada dos 500 novos policiais militares, são 6 mil os servidores nomeados para a área de segurança desde o início da primeira gestão de Paulo Câmara, em 2015. Ao todo, Pernambuco conta atualmente com mais de 19,5 mil policiais militares na ativa, segundo dados do Governo do Estado.

Segundo o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, ainda não há definição sobre para onde vão os novos soldados. As áreas escolhidas deverão ser as mais violentas.

Veja também

União Europeia pede 'transparência' a empresas sobre atrasos de vacinas anticovid
Vacinas

União Europeia pede 'transparência' a empresas sobre atrasos de vacinas anticovid

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid
EUA

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid