PERNAMBUCO

Pernambuco lança app que disponibiliza intérpretes de libras em órgãos estaduais

O app "[email protected]" foi lançado nesta Sexta-feira (14) e já está em uso na Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead)

Lançamento do Libras@PELançamento do [email protected] - Fotos: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco lançou, nesta sexta-feira (14), o aplicativo [email protected], que fará parte dos órgãos estaduais como uma forma de garantir às pessoas com deficiência auditiva um atendimento completo e pleno.

O serviço conta com intérpretes de linguagem de sinais, que, de forma virtual e gratuita, auxiliam nos atendimentos necessários. A Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead) é o primeiro órgão a receber o sistema, cujo funcionamento está em fase piloto. 

Disponível para celulares, tablets e computadores, o [email protected] é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e surge como uma tecnologia usada para suprir as demandas da população com deficiências auditivas. 

"Nós percebíamos que, por mais profissionais intérpretes de libras que tivéssemos, a gente não alcançaria a demanda existente da população. Então, dentro desse universo, queríamos melhorar o acesso e criar um ambiente onde uma pessoa com deficiência auditiva vá tirar um documento e consiga se comunicar com o atendente sem que ele saiba libras”, afirmou a secretária executiva de segmentos sociais, Marília Bezerra.

Dentro dos órgãos, o intérprete disponibilizado pelo aplicativo funciona como uma ponte entre o funcionário e a pessoa que busca o atendimento dentro dos órgãos públicos, criando um ambiente onde a comunicação não seja um problema. 

De acordo com Marília, o app vem como uma forma de tornar o Estado mais capaz de se comunicar com todos os grupos.

“A importância desse aplicativo é a de trazer para as pessoas toda e qualquer informação, de se comunicar dentro dos órgãos públicos sem depender de terceiros, de estar independente, e ter autonomia. O que nos traz ao verdadeiro sentido de acessibilidade: ter acesso aos serviços por conseguir se comunicar e dizer o que quer e o que precisa”, completou a secretária. 

Próximos órgãos
O Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), a Divisão de Concessão de Abatimentos e Gratuidades (DIAG) do Grande Recife Consórcio de Transporte e o Expresso Cidadão serão os próximos órgãos a receber o aplicativo [email protected]

Para melhor entendimento do novo serviço, os funcionários dos órgãos públicos passarão por processos de capacitação e treinamento com o intuito de que cada vez mais locais possuam o serviço disponível. “A nossa meta é chegar ao final do ano com todos os órgãos possuindo esse tipo de atendimento implantado”, reforçou Marília Bezerra.

Veja também

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no PeruDanos ambientais

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no Peru

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessarCaso Beatriz

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessar