Notícias

Governo de Pernambuco lança programa voltado à alfabetização de crianças

Projeto visa melhorar a qualidade do ensino e, consequentemente, os resultados de aprendizagem dos estudantes, trabalhando em parceria com os municípios

Projeto visa melhorar a qualidade do ensino e, consequentemente, os resultados de aprendizagem dos estudantesProjeto visa melhorar a qualidade do ensino e, consequentemente, os resultados de aprendizagem dos estudantes - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco lançou, na manhã desta terça-feira (11), o programa Criança Alfabetizada, em cerimônia realizada no Teatro Guararapes, em Olinda, no Grande Recife. Considerado o maior projeto desse tipo já criado em Pernambuco, o programa visa melhorar a qualidade do ensino e, consequentemente, os resultados de aprendizagem dos estudantes, trabalhando em parceria com os municípios.

Uma das principais ações é a nova distribuição do ICMS Socioambiental para as cidades. A participação da educação no repasse aumentará dos atuais 3% para 18% de forma escalonada em seis anos. O programa conta com seis eixos estratégicos: fortalecimento da gestão, formação de gestores e professores, material complementar, avaliação de estudantes, incentivo às escolas e engajamento dos municípios.

Leia também:
MEC prepara material para explicar nova política de alfabetização
Prefeitura abre 410 vagas para alfabetização de Jovens e Adultos no Recife
FolhaMais mostra aumento do consumo de crack e pesquisa sobre alfabetização

"Após todos os avanços já alcançados e figurar como destaque nacional do Ensino Médio, é chegada a hora de começar um trabalho intenso com crianças desde cedo para garantir a continuidade dos avanços e deste grande projeto que é a nossa educação", disse o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amâncio.

O programa prevê a formação continuada para todos os gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores que atuam na pré-escola e alfabetização, contemplando mais de 23 mil servidores formados. A iniciativa ainda conta com o Prêmio Escola Destaque para as unidades de ensino com bons desempenhos e apoio técnico e financeiro para as escolas com menores resultados, ofertando mais de R$ 6 milhões em recursos.

Veja também

Desinformação sobre vacinação afeta crianças em meio à variante ômicronSaúde

Desinformação sobre vacinação afeta crianças em meio à variante ômicron

Material escolar reaproveitado ajuda famílias a economizar nas comprasEducação

Material escolar reaproveitado ajuda famílias a economizar nas compras