Governo investe R$ 1,3 milhão em saúde no Carnaval

Serão 60 mil cartilhas sobre a estrutura de saúde durante a folia e 3,5 milhões de preservativos

Secretário de Saúde de Pernambuco Iran Costa.Secretário de Saúde de Pernambuco Iran Costa. - Foto: Mandy Oliver / Folha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco está investindo R$ 1,3 milhão na estrutura da saúde para o Carnaval 2018. Deste montante, 70% será aportado em reforço de pessoal para atender a demanda nas unidades de Saúde, tanto com aumento dos plantões dos profissionais que já são parte de rede e, em menor número, contratação de mais mão de obra.

Serão distribuídas 60 mil cartilhas bilíngues com informações sobre a estrutura de saúde montada pelo Governo do Estado. "Este material dá orientações para as pessoas sobre que locais procurar, dependendo da situação clínica", explicou o secretário de Saúde de Pernambuco, Iran Costa.

Leia também:
Serviços de saúde são reforçados em Olinda durante a folia


Além disso, serão distribuídos 3,5 milhões de preservativos e 568 saches de lubrificantes para os 184 municípios pernambucanos durante o Carnaval. Houve redução no número de preservativos distribuídos, de 10 milhões em 2017. Segundo o secretário de Saúde, havia excesso no quantitativo e que, pelos cálculos da Vigilância Sanitária, os 3,5 milhões serão suficientes para os quatro dias de Carnaval.

Blitzes
O Tenente coronel Fábio Bagetti, coordenador da Operação Lei Seca em Pernambuco, reafirmou que houve uma mudança na população e o quantitativo de alcoolemia detectado na operação, hoje, é de menos de 1,5% dos motoristas abordados. O percentual, antes, variava entre 5% e 6% das abordagens. Serão 85 pontos de fiscalização itinerante, 15% mais que no Carnaval passado.

Durante o Carnaval, a Lei Seca terá reforço de 15% nas blitzes, que serão diárias em vários pontos do Estado, principalmente onde houver festa, na Capital e nos municípios do Interior. No sábado do Galo, a fiscalização será ininterrupta, segundo Bagetti. “A depender da quantidade de álcool ingerida, o motorista precisa ficar entre seis e 18 horas sem pegar no volante”, alertou.

Doação de sangue
A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) pretende ampliar o estoque de sangue em 15% para o Carnaval. O Hemope estará aberto nos dias de folia, exceto no domingo (11), recebendo os doadores, que não podem ter ingerido bebida alcóolica. “O ideal é que não beba, ou deixe a doação para outro dia”, disse a diretora do Hemope, Yeda Maia.

Veja também

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale
Brumadinho

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas