A-A+

Pandemia

Governo pede prudência aos pernambucanos durante feriado de São João

Gestores reforçam a importância de manter os cuidados contra a Covid-19

Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, e secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula VilaçaSecretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, e secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça - Foto: Heudes Régis/SEI

Embora esteja proibida em todo o território pernambucano a realização de festas e shows, o feriado de São João é motivo de preocupação.

Na tarde desta quarta-feira (23), o secretário estadual de Saúde, André Longo, e a executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, reforçaram o pedido para a população não descuidar das ações de prevenção contra o coronavírus causador da Covid-19. 

"Os festejos juninos fazem parte das nossas tradições, mas temos que postergar. É imperativo reduzir a circulação de pessoas entre os municípios. Hoje, mesmo, vemos muito tráfego rumo ao interior do Estado, justamente onde a situação é mais delicada”, disse André Longo, durante entrevista coletiva concedida de forma remota. 

"Esperamos que as pessoas tenham muito cuidado com os deslizes nessas comemorações de São João, porque o preço da falta de cuidado, do aumento na circulação de pessoas e das festas com aglomeração pode vir 15 dias depois”, completou.  

"As pessoas podem até viajar, mas que façam isso apenas em núcleos familiares bem restritos. Essa é uma fase essencial para que o governo consiga manter o suporte na saúde e que a economia não precise sofrer novas restrições”, reforçou Ana Paula Vilaça. 

Ela frisou ainda a recomendação do Ministério Público de Pernambuco em vigor desde o ano passado sobre a proibição de fogueiras e queima de fogos de artifício. 

"Ainda não é momento de festa. E a recomendação do Ministério Público para evitar acender fogueiras e fogos é fundamental de ser cumprida, pois isso aumenta o risco de acidentes e de doenças respiratórias. O comportamento que a gente vai ter durante os festejos juninos vai refletir diretamente no que teremos adiante. Não é permitido quadrilha, trio de forró de pé de serra, qualquer tipo de banda. Então, afasta o sofá e a mesa para dançar o forró somente com a família”, pontuou. 

Veja também

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA
Ministro da Saúde

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA

Covid-19: casos no Brasil diminuem após ajuste de dados em estados
Coronavírus

Covid-19: casos no Brasil diminuem após ajuste de dados em estados