Governo quer fechar acordo para reduzir níveis de açúcar em alimentos

Entre os alimentos o governo quer incluir iogurtes, achocolatados, sucos em caixinha, refrigerantes, bolos e biscoitos

Alimentos como refrigerantes entrarão na proposta para redução dos níveis de açúcarAlimentos como refrigerantes entrarão na proposta para redução dos níveis de açúcar - Foto: Reprodução/ Public Domain Pictures

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou nesta segunda-feira (1º), em Brasília, que ainda este mês será finalizado um acordo com a indústria de alimentos processados para a redução do nível de açúcar em vários produtos. Segundo ele, nesse primeiro momento, a proposta vai incluir iogurtes, achocolatados, sucos em caixinha, refrigerantes, bolos e biscoitos.

“Cada um terá um nível de redução de açúcar, que será estabelecido até 2021, quando sentaremos novamente com a indústria para definir um novo patamar”, disse Occhi, durante o lançamento de uma pesquisa sobre perfil da população idosa brasileira.

Leia também:
Usina Cucaú inicia moagem da cana-de-açúcar
Ministério da Saúde acusa Anvisa de reter medicamentos para doenças raras
Especialistas defendem o uso de adoçantes não calóricos
Safra da cana-de-açúcar crescerá 0,4%, diz Conab
Dieta da “moda” sob suspeita


O ministro disse que o acordo com a indústria é uma das ações preventivas contra problemas de saúde que poderão contribuir para a melhoria da qualidade de vida população em crescente envelhecimento no país. Atualmente, os idosos representam 14,3% dos brasileiros, ou seja, 29,3 milhões de pessoas.

Veja também

Mais da metade dos inscritos falta ao 1º dia do Enem em meio à pandemia
Enem 2020

Mais da metade dos inscritos falta ao 1º dia do Enem em meio à pandemia

No primeiro dia, cem são vacinados no Hospital das Clínicas
Coronavírus

No primeiro dia, cem são vacinados no Hospital das Clínicas