Governo vai disparar SMS com orientações sobre coronavírus

Mensagem pede que pessoas lavem as mãos e evitem aglomerações

CelularesCelulares - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Os mais de 210 milhões de celulares ativos no país começam a receber, a partir desta quarta-feira (22), mensagem de texto (SMS) do governo federal com orientações para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. A iniciativa é do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio do sistema de alertas da Defesa Civil, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A mensagem reforça cuidados que os cidadãos devem ter para conter o avanço da contaminação pelo vírus, como evitar aglomerações e lavar bem as mãos. Populações de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, os estados com o maior número absoluto de casos confirmados, serão as primeiras a receberem os avisos pelo celular.

O Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério do Desenvolvimento Regional, coordena o envio de alertas por SMS. Atualmente, além da Defesa Civil Nacional, o sistema é utilizado por 100 Defesas Civis estaduais e municipais.

Leia também:
Bolsonaro perde a paciência na crise do coronavírus e dá respostas ríspidas a apoiadores
São Paulo zera fila de exames para coronavírus


Só entre março e abril, mais de 150 milhões de mensagens com orientações sobre o novo coronavírus foram disparadas para números já cadastrados no serviço de alertas de desastres naturais. Em todo o país, nove milhões de celulares estão habilitados para receber informações de defesas civis locais.

Para ter acesso aos avisos gratuitos por SMS
, os usuários interessados devem enviar uma mensagem do telefone celular para o número 40199. Na área de texto, é só indicar o CEP de interesse – é permitido cadastrar mais de um CEP. Com o cadastro feito, o celular está apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil sobre desastres naturais diversos.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Recusar a vacinação pode levar à demissão por justa causa? Saiba o que dizem os especialistas
Coronavírus

Recusar a vacinação pode levar à demissão por justa causa? Saiba o que dizem os especialistas

Nomeado de Biden a secretário de Estado apoia política de Trump na Venezuela
Política norte-americana

Nomeado de Biden a secretário de Estado apoia política de Trump na Venezuela