Grande Recife fiscaliza circulação da frota de ônibus

Empresas operadoras que não estiverem com 100% da frota em operação poderão ser punidas

Passageiros reclamaram da demora dos ônibus na manhã desta segunda-feiraPassageiros reclamaram da demora dos ônibus na manhã desta segunda-feira - Foto: Arthur Mota

O Grande Recife informa, nesta segunda-feira (28), que irá fiscalizar e tomar as medidas administrativas e legais cabíveis quanto às empresas operadoras que não estiverem com 100% da frota em operação. Segundo o Grande Recife, e medida será tomada porque o Governo de Pernambuco garantiu o abastecimento de todas as empresas que fazem parte do Sistema de Transporte Público de Passageiros

Durante toda a madrugada desta segunda, os caminhões abasteceram todas as operadoras. No entanto, as empresas Conorte, Transcol e Pedrosa apresentaram dificuldade em colocar, dentro do prazo necessário, toda a frota em circulação. Diante desse fato, a fiscalização do Grande Recife afirma que está acompanhando toda a operação para solucionar qualquer eventualidade que apareça.

Leia também:
Ônibus: passageiros reclamam de demora e superlotação nesta segunda
Paulo Câmara promete 100% da frota de ônibus e mais força policial para desbloquear estradas

Veja também

Pernambuco já realizou 2 milhões de exames para detecção da Covid-19
Coronavírus

Pernambuco já realizou 2 milhões de exames para detecção da Covid-19

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais
CPI da Covid

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais