Grupo investigado por pelo menos 13 assassinatos é desarticulado

Suspeitos de homicídios, roubos, tráfico de entorpecente e associação criminosa atuavam nos municípios de Paulista, Abreu e Lima e Igarassu

Vagas de empregoVagas de emprego - Foto: Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil/Agência

Suspeitos de homicídios, roubos, tráfico de entorpecente e associação criminosa com atuação nos municípios de Paulista, Abreu e Lima e Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foram presos nesta quinta-feira (22), durante uma operação realizada pela Polícia Civil. O grupo é apontado como responsável por pelo menos 13 assassinatos que ocorreram na região. Durante a Operação Moenda foram cumpridos 13 mandados de prisão preventiva, dois de busca e apreensão de adolescente infrator e 13 de busca e apreensão domiciliar.

De acordo com chefe da Diretoria Integrada Metropolitana da Polícia Civil, delegado Joselito Kehrle do Amaral, cinco integrantes do grupo comandavam o tráfico de drogas e homicídios. “Grande parte dos adolescentes fazia o transporte. E o principal integrante do grupo, Michelon Duarte da Silva, 35 anos, que foi preso, comandava o tráfico e organizava os homicídios”, detalhou.

As investigações tiveram início há oito meses e foram efetuadas pela Delegacia de Paulista. “A investigação foi feita pelo delegado Ivaldo Pereira e nós conseguimos, no curso dessa investigação, individualizar a conduta de cada um. Todos eles têm antecedentes por homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa. Então é uma quadrilha muito bem estruturada e que vinha cometendo crimes em Paulista, Abreu e Lima e Igarassu”, afirmou Joselito do Amaral.

Veja também

Academia Brasileira de Letras lança nova edição online do Volp
LÍNGUA PORTUGUESA

Academia Brasileira de Letras lança nova edição online do Volp

Ao menos 76 mortos e dezenas de desaparecidos por chuvas de monção na Índia
CHUVAS

Ao menos 76 mortos e dezenas de desaparecidos por chuvas de monção na Índia