Guto exime culpa de Éder em derrota do Sport e cita 'ansiedade'

Treinador elogiou empenho do zagueiro improvisado de lateral e afirmou que vontade de chegar logo ao G4 está atrapalhando durante os jogos

Guto Ferreira deve seguir no Sport em 2020Guto Ferreira deve seguir no Sport em 2020 - Foto: Anderson Stevens/Sport Clube do Recife

O treinador Guto Ferreira ficou decepcionado com a derrota do Sport em Criciúma/SC, neste domingo (11). “Infelizmente, hoje, nós ficamos devendo. Faltou jogar bem. O que nós jogamos foi pouco para poder superar o Criciúma”, desabafou. Apesar de estar chateado com a atuação, o treinador eximiu Éder Ferreira de culpa no lance do gol marcado por Foguinho e ainda elogiou o empenho do zagueiro, que atuou improvisado na lateral-esquerda.

O gol sofrido pelo Sport saiu aos 27 do segundo tempo. O lateral-esquerdo Marlon cruzou, a bola atravessou a área rubro-negra e encontrou o centroavante Léo Gamalho chegando por trás de Éder Ferreira, na segunda trave. Guto Ferreira disse que “a situação de um lance como esse não é só o lateral, porque qualquer um poderia ter cortado”.

Leia também
Sport precisa 'juntar os cacos', diz Thiere após derrota
Guto admite momento ruim do Sport e explica escolhas

O treinador leonino ainda elogiou Éder Ferreira pelo empenho. Guto elogiou o zagueiro defensivamente: “O Criciúma durante o restante não teve mais investidas por ali (lado esquerdo de defesa)”. E também a vontade no apoio, “ele (Éder) ainda chegou à frente, tentou cruzamentos”.

Atualmente Guto Ferreira não pode contar com os laterais de ofício Sander e Guilherme Lazaroni, que estão no departamento médico. O técnico admitiu que precisa analisar para decidir melhor a escolha na posição.

“Você tem que buscar uma série de situações, que envolvem jogo aéreo, marcação e ataque. Quando você não tem o jogador que necessita, aí você pesa tudo isso na balança e tenta encontrar a melhor solução. Pode ser que não tenhamos encontrado a melhor solução. Mas também não foi uma solução ruim”, afirma Guto Ferreira.
Com a derrota para o Criciúma, o Sport soma três jogos sem vitória e cai para a décima colocação. Guto Ferreira ainda disse que a equipe leonina tem sofrido nos jogos também por conta da pressão para chegar logo ao topo.

“Essa ansiedade da gente de chegar no G4, de correr na frente e sempre ficamos devendo. A gente ficou devendo em duas rodadas dentro de casa. Ficamos devendo nessa. Mas o campeonato tem todo mundo no bolo. São 24 rodadas ainda pela frente, para buscar as soluções que a gente não encontrou hoje”, disse Guto Ferreira. No próximo sábado (17), o Sport recebe o Botafogo/SP na Arena Pernambuco.

Veja também

Apesar de pressão, sindicatos de professores não conseguem impedir reabertura de escolas no País
Educação

Apesar de pressão, sindicatos de professores não conseguem impedir reabertura de escolas no País

Letalidade da Covid-19 no Brasil está em torno de 3%
Coronavírus

Com quase 137 mil mortos pela Covid-19, Brasil tem taxa de letalidade em torno de 3%