Hackaton de mobilidade urbana dá prêmios de R$ 7 mil e R$ 3 mil no Recife

Primeiro colocado também garantirá vaga no Mind The Bizz, programa de empreendedorismo inovador do Porto Digital, CESAR e Sebrae

O evento acontece nos dias 01 e 02 de fevereiroO evento acontece nos dias 01 e 02 de fevereiro - Foto: Divulgação/Porto Digital

Profissionais e estudantes de diversas áreas terão a oportunidade de apresentar propostas para melhorar as condições de locomoção no trânsito pernambucano. O Hackaton “Open Mobility Hack”, que acontece nos dias 1 e 2 de fevereiro no Bairro do Recife, premiará dois dos projetos melhores avaliados em 7 e 3 mil, respectivamente. O primeiro colocado também garantirá uma vaga no Mind The Bizz, programa de incentivo ao empreendedorismo inovador do Porto Digital, CESAR e Sebrae.

O objetivo do evento, que acontece no Apolo 235, é apresentar soluções para os problemas de mobilidade, por meio de projetos desenvolvidos nas áreas de Design, Urbanismo, Administração e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

A ideia é que os participantes se dividam em equipes para desenvolver protótipos, softwares e alternativa de projetos para facilitar a circulação de pedestres, ciclistas, usuários de transporte coletivos e de carros.

Leia também:
Porto Digital ganha certificação internacional e abre porta para empresas europeias
Porto Digital, INPI e OAB-PE fazem parceria em defesa das patentes
Prefeitura do Recife convoca população para discutir mobilidade urbana  


Hackaton deve durar pouco mais de 30 horas e, ao final, os projetos serão apresentados a uma banca examinadora, com prêmio de  R$ 7 mil para o projeto de maior aplicabilidade. O premiado ainda garantirá uma vaga no Mind The Bizz, programa de incentivo ao empreendedorismo inovador do Porto Digital, CESAR e Sebrae. A segunda solução melhor avaliada receberá um prêmio de R$ 3 mil. O evento será realizado pelo Porto Digital em parceria com o Consulado Britânico e a Prefeitura do Recife

Veja também

Índia nega envio imediato de vacinas; governo admite fracasso na operação e requisita Coronavac
Vacina

Índia nega envio imediato de vacinas; governo admite fracasso na operação e requisita Coronavac

'Estamos em um momento muito crítico e pode piorar', diz pesquisador pernambucano
Covid-19

'Estamos em um momento muito crítico e pode piorar', diz pesquisador pernambucano