TECNOLOGIA

Hackers roubam dados sensíveis de empresa de telecomunicações de Taiwan

O ataque cibernético contra a empresa Chunghwa Telecom

DadosDados - Foto: Pixabay

Hackers roubaram "informações sensíveis" da maior empresa de telecomunicações de Taiwan, que contém documentos militares e governamentais, afirmou o Ministério da Defesa Nacional do território.

O departamento confirmou a informação do canal de televisão TVBS sobre um ataque cibernético contra a empresa Chunghwa Telecom.

Segundo a emissora, os autores do roubo publicaram um anúncio para vender "1,7 terabyte de dados da Chunghwa Telecom", que incluem contratos do governo.

"A análise inicial do caso é que os hackers obtiveram informações sensíveis da Chunghwa Telecom e as venderam na 'dark web', incluindo documentos das Forças Armadas, do Ministério das Relações Exteriores, da Guarda Costeira e de outras unidades", afirmou o Departamento de Defesa em um comunicado.

Especialistas destacam que Taiwan é um dos principais alvos de ciberataques no mundo. Alguns afirmam que os métodos utilizados podem ter a marca de grupos patrocinados pela China.

 

Pequim considera a ilha de governo autônomo parte de seu território e não descarta utilizar a força para tomar seu controle.

O comunicado ministerial e o canal TVBS não identificaram os autores do roubo ou sua origem.

A empresa Chunghwa informou em um comunicado enviado à Bolsa de Taiwan que iniciou investigações para esclarecer a causa do incidente".

"No momento, não há um impacto significativo nas operações da empresa", acrescenta a nota.

Veja também

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco
Rio de Janeiro

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe
dengue

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Newsletter