Hebert faz boa luta, mas perde para cubano e fica com a prata no boxe

Favorito à vitória, Cardona foi superior, lutou com experiência e se impôs no ringue

Herbert William Carvalho da Conceição não superou o atual campeão olímpico e ficou com a medalha de prataHerbert William Carvalho da Conceição não superou o atual campeão olímpico e ficou com a medalha de prata - Foto: Reprodução

O boxe brasileiro ficou com mais uma medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Hebert Willian Carvalho da Conceição perdeu para o cubano Arlen López Cardona nesta sexta-feira (2), no Coliseo Miguel Grau, em Callao, cidade vizinha à capital peruana, na final da categoria até 75 kg.

"Estou feliz pela medalha de prata e triste pela derrota. A prata é uma medalha muito dura de se aceitar, mas temos que estar contentes. Querendo ou não, é um grande resultado”, comentou o brasileiro.

"Eu só tenho 21 anos. São meus primeiros Jogos Pan-Americanos. Vi que estou numa crescente. Ano passado fui aos Jogos Sul-Americanos e conquistei um bronze. Hoje no Pan, uma prata. E espero continuar nessa crescente nos próximos eventos. Só tenho a agradecer", acrescentou Hebert.

Favorito à vitória, Cardona foi superior, lutou com experiência e se impôs no ringue. No entanto, Hebert não se intimidou e também atingiu o campeão olímpico da Rio 2016 e pan-americano em Toronto 2015 com alguns golpes certeiros. Não suficientes, porém, para convencer os juízes da disputa.

A conquista de Hebert se junta às duas pratas de Keno Marley e Jucielen Romeu, que perderam suas finais na quinta.

Já Beatriz Ferreira derrotou a argentina Dayana Sánchez na final da categoria até 60 kg, também nesta sexta-feira, e conquistou a primeira medalha de ouro da história do boxe feminino brasileiro em Jogos Pan-Americanos .

Veja também

Região de San Francisco, nos EUA, impõe novo 'lockdown' após alta nos casos
EUA

Região de San Francisco, nos EUA, impõe novo 'lockdown' após alta nos casos

Duas crianças morrem em tiroteio na Baixada Fluminense
Rio de Janeiro

Duas crianças morrem em tiroteio na Baixada Fluminense