Doação

Hemope instala ponto de doação de sangue no Shopping Guararapes

O ponto estará instalado no shopping de 16 a 18 de julho, das 13h as 16h, no corredor das Lojas Americanas

Doação de sangueDoação de sangue - Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Com o isolamento social e a queda expressiva no número de doadores, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope)  vai instalar no Shopping Guararapes , em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, um ponto de coleta para que os clientes e colaboradores possam realizar a doação de sangue. A ação tem como objetivo aumentar a quantidade de doadores, incentivando as pessoas que estiverem circulando pelo shopping a contribuir com o aumento do estoque de sangue da instituição.

O ponto de coleta estará instalado desta quinta (16) ao próximo sábado (18), sempre das 13h às 16h, no corredor das Lojas Americanas.  A escassez no estoque é referente a todos os tipos sanguíneos, mas principalmente os tipos A-, A+, B+, O- e O+.  

Para realizar a doação, é necessário ter entre 16 e 69 anos e 11 meses, mas, se for a primeira doação, até 59 anos e 11 meses. Os menores de idade precisam estar acompanhados dos seus responsáveis.

Outras recomendações são ter boa alimentação no dia da doação, evitando gorduras; pesar acima dos 50kg; não estar em jejum; não ultrapassar o tempo de 3h entre a refeição e a doação, e ter dormido, no mínimo, durante 6 horas. As demais condições gerais para realizar a doação podem ser conferidas no site oficial do Hemope.

Os doadores precisam comparecer munidos de documento original, legível e com foto. São considerados Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista e Carteira Profissional emitida por classe, carteira de identidade e CNH digital (aplicativo oficial).

 

Veja também

Reino Unido é o primeiro país europeu a superar marca de 100 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Reino Unido é o primeiro país europeu a superar marca de 100 mil mortes por Covid-19

Bolsonaro se vangloria de número de vacinados e agora defende imunização 'para a economia funcionar'
Presidente

Bolsonaro se vangloria de número de vacinados e agora defende imunização 'para a economia funcionar'