RESGATE

Herói nas buscas por crianças na Amazônia, cachorro Wilson está desaparecido

Irmãos indígenas estavam perdidos havia quarenta dias após acidente de avião que matou três adultos, inclusive a sua mãe

Cachorro Wilson, que foi fundamental para encontrar crianças perdidas na Amazônia, está desaparecido Cachorro Wilson, que foi fundamental para encontrar crianças perdidas na Amazônia, está desaparecido  - Foto: Reprodução/Fuerzas Militares de Colombia

Um cachorro cuja atuação foi classificada como fundamental para que as Forças Militares da Colômbia encontrassem os quatro irmãos indígenas perdidos há 40 dias na Amazônia está desaparecido. O cão Wilson, um pastor belga de seis anos, havia sido solto pela selva para que buscasse outras pistas das crianças, na última quarta-feira, e não foi retornou mais ao encontro dos militares. Ao anunciar o resgate dos pequenos, nesta sexta-feira, o presidente colombiano, Gustavo Petro, confirmou que não havia informações novas sobre o paradeiro do animal.

O cachorro ajudou os militares a encontrar o avião que caiu com as crianças e outros três adultos, inclusive a mãe deles, no início do mês passado. Os três adultos morreram, e os menores passaram a sobreviver sozinhos pela selva. Foi Wilson quem encontrou os primeiros vestígios das crianças, como uma mamadeira de plástico do caçula da família, um bebê que completou um ano em 26 de maio.

As autoridades acreditam que o cachorro encontrou Lesly Jacobombaire Mucutuy, de 13 anos; Soleiny Jacobombaire Mucutuy, de 9 anos; Tien Noriel Ranoque Mucutuy, de 4 anos; e Cristin Neriman Ranoque Mucutuy, de 1 ano, antes que os militares os achassem. Isso porque as Forças Militares identificaram pegadas do animal e de uma das crianças numa mesma área da selva. A expectativa é de que o animal estivesse com os pequenos, mas Wilson ainda não foi localizado.

De acordo com a imprensa colombiana, o animal há havia sumido outras vezes, em meio aos trabalhos de busca pelas crianças. No entanto, em todas as vezes ele teria retornado após algumas horas, embora desidratado e com ferimentos leves.

As crianças, desidratadas, foram levadas para passar por exames médicos num hospital da região. Já os agentes agora devem iniciar buscas pelo cão Wilson.

Veja também

ONU alerta que faltam 'muitas questões a resolver' antes da COP29
COP29

ONU alerta que faltam 'muitas questões a resolver' antes da COP29

FMI aprova desembolso de US$ 800 milhões para Argentina
Argentina

FMI aprova desembolso de US$ 800 milhões para Argentina

Newsletter