Hipismo: pernambucanos se aproximam de vaga no Sul-Americano

Seletiva realizada na Copa JK de Hipismo, realizada em Brasília, deixou dois atletas a um passo da competição internacional.

Cavaleiros pernambucanos na Copa JK de HipismoCavaleiros pernambucanos na Copa JK de Hipismo - Foto: Divulgação

Os cavaleiros da Federação Equestre de Pernambuco Henrique Maranhão e João Marcelo Monte Santos, da categoria Mirim (1,20m), estão próximos de conquistar a vaga para o Sul-Americano de Hipismo. Os atletas pernambucanos deram um importante passo para alcançar o objetivo neste fim de semana, na Copa JK de Hipismo, realizada no Brasília Country Club, com bons resultados.

Leia também:
Hipismo: pernambucanos iniciam Copa JK com bons resultados

Henrique Maranhão zerou três vezes o percurso com os cavalos Coral Rec Xangó e Amicci e sequer precisou montar no último dia de disputa. Esta foi a segunda Seletiva do Sul-Americano que ele zerou e, portanto, não precisará ir para a última, em Campinas. Agora depende apenas de um bom desempenho no Campeonato Brasileiro, no mês de julho, em São Paulo, para se garantir na competição internacional.

João Marcelo Monte Santos saiu com os três percursos zerados com By Hanna Lord Pequim e segue na disputa pela classificação para o Sul-Americano. Também não haverá a necessidade de participar da última etapa da seletiva.

Já João Felipe Gomes/Xairel, João Pedro Chaves com Cuantica Loar e Clanthus Jmen e Paulo Henrique Amorim Paulo com Thifanny B, por não terem zerado, disputarão a etapa final. Os cavaleiros voltam a montar em busca de um lugar no Sul-Americano entre os dias 7 e 10 de junho, no Haras Albar, em Campinas, para tentar zerar o percurso.

Critérios de classificação

O critério utilizado pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) para disputa do Sul-Americano é zerar duas das quatro seletivas e fazer um bom resultado no Campeonato Brasileiro, que será realizado em São Paulo, no mês de julho.

Veja também

G7 se compromete a combater pandemia, crise climática e os desafios da China e Rússia
Líderes

G7 se compromete a combater pandemia, crise climática e os desafios da China e Rússia

Famílias de classe D são as que sofrem mais impacto na pandemia
Primeira infância

Famílias de classe D são as que sofrem mais impacto na pandemia