Homem de 107 anos é a vítima de idade mais avançada levada pela Covid-19 em Pernambuco

Seu Zé de Juca, como era conhecido, morava em São Bento do Una, no Agreste Pernambucano

Seu Zé de Juca, como era conhecido, morava em São Bento do Una, no Agreste PernambucanoSeu Zé de Juca, como era conhecido, morava em São Bento do Una, no Agreste Pernambucano - Foto: Reprodução / Internet

Já se sabe que a doença causada pelo novo coronavírus é mais fatal para pessoas acima dos 60 anos. Em Pernambuco, a pessoa de mais idade fatalizada pela Covid-19 foi um homem de 107 anos, morador de São Bento do Una, no Agreste do Estado. Seu Zé de Juca morreu na segunda-feira (1), mas a confirmação da Covid-19 foi dada no boletim estadual desta quinta-feira (4).

A cidade de São Bento do Una conta atualmente com 13 mortes confirmadas e 146 casos confirmados. No mês de maio a cidade registrou, em um único dia, 12 casos da doença em um lar com 17 idosos. Desta vez, o caso não foi de uma pessoa já confirmada, contudo. Conhecido pela sua paixão pelo Santa Cruz, Seu Zé de Juca morava com a esposa, na Rua Duque de Caxias, no centro da cidade. 

Leia também:
Lar com 17 idosos, em São Bento do Una, confirma 12 casos da Covid-19
Prefeitura do Recife inaugura abrigo provisório para idosos no combate à Covid-19


Personagem conhecido pela cidade, o tricolor recebeu até homenagem da prefeita: "A torcida tricolor lá no céu ganhou um reforço", escreveu Débora Almeida.

Veja também

Nova Zelândia registra 1º caso de Covid-19 em mais de dois meses
Pandemia

Nova Zelândia registra 1º caso de Covid-19 em mais de dois meses

Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
Economia

Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses