Internacional

Homem é devorado por dois jovens leões na África do Sul

A autoridade de parques, SANParks, confirmou que os leões foram abatidos imediatamente

Foto: Jacques Cilliers / SANParks

Um rastreador de 27 anos, que realizava um reconhecimento em uma reserva de vida selvagem na África do Sul, foi devorado por dois jovens leões machos, informaram a polícia e a autoridade dos parques nacionais nesta segunda-feira (8). 

Malibongwe Mfila tentava no sábado localizar leões e elefantes para informar os guias para seus próximos safaris nesta reserva montanhosa, localizada na província de Limpopo (nordeste). 

Ele teria parado e saído de seu carro por motivos até agora desconhecidos, continuado sua busca a pé e "foi atacado repentinamente por dois leões", disse em um comunicado o oficial Motlafela Mojapelo.

"Outra pessoa que dirigia pelo parque viu esses leões devorando o morto e alertou o administrador do lugar", acrescentou. 

A autoridade de parques, SANParks, confirmou que os leões foram abatidos imediatamente para realizar uma autópsia, e que este incidente "comoveu" toda a equipe e outros funcionários que trabalham neste parque.

O rastreador trabalhava para uma "cabana-hotel" de luxo do Parque Nacional Marakele, com uma extensão de 67.000 hectares, localizado a cerca de 250 km ao noroeste de Joanesburgo.

Veja também

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando
Fiscalização

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021
Pandemia

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021