Saúde

Hospital da Mulher do Recife encerra programação do Outubro Rosa nesta quinta-feira (29)

Exames de mamografia e palestra fazem parte do evento de encerramento aberto ao público

As atividades de encerramento têm início a partir das 9hAs atividades de encerramento têm início a partir das 9h - Foto: Andréa Rêgo Barros/divulgação/PCR

Nesta quinta-feira (29), o Hospital da Mulher do Recife (HMR), no bairro do Curado, encerra oficialmente a programação do Outubro Rosa. As atividades de encerramento têm início a partir das 9h. Na ocasião, será realizado o anúncio do balanço final, palestra da diretora geral do HMR, a ginecologista e obstetra Isabela Coutinho, sobre os cuidados com a mama nos outros meses do ano, serviço do mamógrafo móvel e a campanha Laços do Bem. O evento é aberto ao público. 

A Miss Pernambuco 2020, Guilhermina Montarroyos, também participa do evento com a entrega de lenços da Campanha Laços do Bem, ação nacional em reconhecimento por iniciativas que contribuem para a prevenção do câncer de mama. 

Durante todo o mês, o HMR realizou mamografias por livre demanda, sem necessidade de marcação, para mulheres com 50 a 69 anos. Foram mais de 350 mamografias realizadas durante esse período, ultrapassando a meta inicial de 240 exames, além dos 360 que a unidade de saúde realiza cotidianamente.

Além dos serviços de mamografias, o mês contou com palestras alusivas ao Outubro Rosa e distribuição de máscaras faciais para pacientes e acompanhantes. “Fizemos um esforço muito grande para atender todas as mulheres que nos procuraram nesse período, sem deixar de fazer as mamografias encaminhadas pelas unidades básicas de saúde”, ressalta a diretora-geral do HMR, Isabela Coutinho.

Veja também

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021
educação

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial
Brasil

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial