Hospital em Olinda abre 20 novos leitos para Covid-19

Maternidade Brites de Albuquerque, na Cidade Tabajara, deve receber ainda 40 leitos de UTI nos próximos 30 dias

Leitos na Maternidade Brites de AlbuquerqueLeitos na Maternidade Brites de Albuquerque - Foto: Divulgação

Uma das duas unidades hospitalares que atuarão exclusivamente no tratamento de pacientes com a Covid-19 no Estado entrou em atividade nesta quarta-feira (8). Trata-se da maternidade Brites de Albuquerque, na Cidade Tabajara, em Olinda, requisitada pelo Governo do Estado em parceria com a Secretaria de Saúde do município. A estrutura está sob a gestão do Hospital Tricentenário.

"Foi entregue a primeira parte da unidade, com 20 leitos de enfermaria e dois leitos de estabilização dotados de equipamento de ventilação mecânica”, especificou o secretário de Saúde do Estado, André Longo. Dentro de até 30 dias, o centro médico deverá receber equipamentos para ampliar a capacidade de atuação. A expectativa é que sejam 40 leitos só de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além das enfermarias com suporte de oxigênio.

Leia também:
Pacientes graves da Covid-19 em PE ficam em média 18 dias na UTI
Pernambuco tem 31 mortes na fila para investigação
Recém-nascido com teste positivo para o novo coronavírus morre no RN
Brasil recebeu 92 mil pessoas vindas de países foco de Covid-19 no fim de fevereiro


O outro equipamento que está sendo preparado é o antigo Hospital Alfa, em Boa Viagem, que passa por reparos para habilitar 230 leitos para pacientes com a Covid-19, sendo 100 deles de UTI. Antes da epidemia novo coronavírus, o Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado tinha um total de 17.500 leitos, sendo 10 mil da gestão estadual e 7.500 sob gestão dos municípios. Eram 1.018 leitos de UTI.

De acordo com André Longo, o compromisso do Estado junto a alguns municípios é abrir mil novo leitos para o enfrentamento da doença, sendo 400 de UTI e 600 de enfermaria. Até o momento, foram habilitados 118 novos leitos de UTI e 210 de enfermarias.

“É muito difícil fazer previsão da amplitude necessária (de leitos) para o enfrentamento da epidemia se a gente vai trabalhar com uma demanda que vai depender do comportamento das pessoas. Fizemos um planejamento inicial, já alteramos, ampliando o plano de contingência. E isso tem um dinamismo muito grande, à medida que a gente vê o comportamento da epidemia em outros países. Isso (abertura de leitos) depende ainda da aquisição de equipamentos, o que vem sendo muito difícil no mercado internacional”, explicou Longo.

Veja também

Inscrições para o Fies do segundo semestre têm início nesta terça (27)
ENSINO SUPERIOR

Inscrições para o Fies do segundo semestre têm início nesta terça (27)

Grand Chase será lançado nesta quarta-feira (28) com apenas os quatro primeiros personagens
Grand Chase

Grand Chase será lançado nesta quarta-feira (28) com apenas os quatro primeiros personagens