Notícias

Hospital trouxe tecnologia de ponta

Muito usado para corrigir erros de refração - a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo, o laser é um coadjuvante de peso no trabalho do cirurgião.

Doutor Paulo de Tasso aponta uso de laser como fundamentalDoutor Paulo de Tasso aponta uso de laser como fundamental - Foto: Léo Motta/Folha de Pernambuco

Um grupo de oftalmologistas pernambucanos abriu no Recife, em 1993, o Hospital de Olhos Santa Luzia - hoje referência nacional em alto padrão em procedimentos cirúrgicos de oftalmologia.

Um dos sócios do Santa Luzia, o oftalmologista Paulo de Tasso Siqueira lembra que desde o começo o hospital trouxe tecnologia de última geração para a equipe médica e foi se tornando especialista em cirurgias, como as de catarata - doença que responde por uma média de 400 das 600 intervenções realizadas por mês no Santa Luzia.

“Há 25 anos já fazíamos cirurgias com aparelhos como o facoemulsificador que permite a colocação de lentes intraoculares para substituir o cristalino afetado pela catarata", explica o médico, especializado em catarata e plástica ocular. Com o aprimoramento das técnicas e do instrumental cirúrgico, a margem de segurança para zerar o grau do paciente tornou-se maior que 99%. "Por isso já não se usa mais óculos depois de operar catarata”, revela, ressaltando que se ficar algum grau residual, ele pode ser corrigido com laser.

Muito usado para corrigir erros de refração - a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo, o laser é um coadjuvante de peso no trabalho do cirurgião. Logo após a cirurgia, paciente vai para casa e pode até trabalhar no dia seguinte, “O laser trouxe grandes avanços para todas as especialidades da medicina. E usamos muito em oftalmologia, ele é muito fidedigno nas correções refrativas, além de ter reduzido a necessidade de se abrir o olho para operar e com isso os riscos de infecção e as queixas de dor após as cirurgias”, diz o médico.

A retinopatia diabética ou o descolamento de retina são tratadas com o vitreógrafo, um aparelho que faz a vitrectomia, a limpeza do vítreo, uma substância transparente do olho. Também existe a implantação de válvulas de última geração para o glaucoma. Chamadas de istentes, elas são uma alternativa eficaz quando a doença, que aumenta a pressão ocular, não responde aos tratamentos clínico ou cirúrgico.

Veja também

Milhares protestam contra excesso de turistas em Mallorca, Espanha
Espanha

Milhares protestam contra excesso de turistas em Mallorca, Espanha

Deslizamento de terras na Papua-Nova Guiné deixou centenas de mortos, calculam autoridades
Papua-Nova Guiné

Deslizamento de terras na Papua-Nova Guiné deixou centenas de mortos, calculam autoridades

Newsletter