Notícias

Idosa com carrapatos leva à interdição da UPA da Caxangá

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a paciente deu entrada com quadro de infecção urinária, mas durante o atendimento foram verificados a presença de carrapatos na pele da idosa

UPA da CaxangáUPA da Caxangá - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Caxangá, na Zona Oeste do Recife, está fechada desde a noite dessa quarta-feira (29), após uma idosa dar entrada no local com infestação de carrapato. A previsão, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), é que a UPA da Caxangá seja liberada em 24 horas.

De acordo com a SES, a paciente de 78 anos, moradora do município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, e que não teve o nome revelado por preservação da imagem, deu entrada na unidade com quadro de infecção urinária. Porém, durante o atendimento médico, foram verificados vários ferimentos na pele da idosa e a presença de carrapatos.

Leia também:
Secretaria de Saúde prorroga inscrições de seleção para 12 gerentes de Geres
Ministério da Saúde abre inscrições para o Mais Médicos
Não existe desculpa para deixar de cuidar da saúde

Ainda segundo a SES, a mulher recebeu de imediato o tratamento adequado para o quadro clínico, foi encaminhada para um hospital de referência da Região Metropolitana e o quadro de saúde dela é estável. Por haver suspeitas de maus tratos por parte dos responsáveis, o serviço social da UPA acionou o Conselho do Idoso para a tomada das medidas cabíveis.

A SES informou também que a empresa responsável pela dedetização do local foi acionada para realizar o trabalho de limpeza em toda a estrutura física da UPA, para evitar que outros pacientes fossem contaminados pelos carrapatos. Para isso, foi necessário realizar, ainda na noite da quarta, a transferência dos pacientes que estavam no local para outras unidades de pronto atendimento da região.

Bombeiros, Samu e a rede assistencial do Estado foram comunicados para que não fossem feitas transferências para a unidade durante esse período. Um cartaz foi colocado na entrada da unidade na manhã desta quinta-feira (30) informando o ocorrido. Com o fechamento da UPA, e os atendimentos interrompidos, os pacientes do bairro da Caxangá devem se dirigir a outras unidades de saúde da região.

Pacientes
Dona Luzinete Maria da Conceição, 60 anos, chegou à UPA por volta das 9h10, queixando-se de fortes dores na coluna. A mulher e de sua acompanhante, Inalva Maria, foram pegas de surpresa quando viram os portões da unidade fechados. “Em Camaragibe já não tem médico e falta remédio. Aí a gente vem para cá e se depara com essa situação. Estou me sentindo abandonada. É um descaso muito grande com a saúde pública”, lamentou.

Veja também

Suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle é preso
Marielle

Suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle é preso

Suprema Corte dos EUA aceita apreciar imunidade penal de Trump
Trump

Suprema Corte dos EUA aceita apreciar imunidade penal de Trump