Igreja dos Santos Cosme e Damião vai passar por restauração em Igarassu

Considerada a mais antiga do País, matriz vai passar por obra de restauração com recursos do BNDES

Igreja histórica vai passar por reparaçãoIgreja histórica vai passar por reparação - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Considerada a igreja mais antiga em atividade no País, a matriz dos Santos Cosme e Damião, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, passará por uma reforma interna orçada em R$ 4,5 milhões. A igreja é um registro físico da história do Estado. Em agradecimento aos santos gêmeos, ela foi construída a partir de 1535, quando os portugueses derrotaram os caetés no município. 

O anúncio do restauro foi feito na missa em celebração aos 484 anos de Igarassu, na última quinta-feira (27), pelo prefeito Mário Ricardo (PTB). Segundo a prefeitura, a obra faz parte de um quadro de ações para impulsionar o turismo local, que tem sentido uma queda no número de pessoas nos últimos anos.

Os recursos da obra estão sendo adquiridos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), através do Departamento de Cultura (Decult). “O prefeito se reuniu com representantes da arquidiocese de Olinda e Recife, foi atrás do banco e o projeto foi formulado pelo Instituto de Desenvolvimento Humano (IDH). Com a nova formulação do BNDES, eles não fazem reforma por reforma. Então apresentamos um plano de turismo que fosse atrativo e se mostrasse sustentável. O projeto foi aprovado, mas falta a liberação de recursos”, afirmou o secretário municipal de projetos, Rodrigo Uchikawa. 

Leia também:

Igarassu vai restaurar a histórica Igreja de Santos Cosme e Damião

Para se adequar às políticas de financiamento de restauração de patrimônio histórico, a prefeitura sugeriu usar um espaço da matriz para museu, que foi cedido pela igreja local. “Nós teremos um espaço museológico na casa paroquial cedida pela igreja. Nós já assinamos a minuta do contrato. Agora no mês de outubro, devemos ter uma resposta do BNDES e até o fim do ano poderemos dar início ao cronograma. A previsão é de que, se não estiver tudo pronto até o dia 27 de setembro do próximo ano, teremos uma parte bastante avançada”, complementa o secretário.

Apesar do bom estado apresentado pelo lado externo, a última reforma feita na igreja foi concluída no ano de 1958. “Essa igreja tem um valor muito grande para o Brasil e Pernambuco. Ela tem um valor histórico, cultural e principalmente religioso por ser tão antiga. Por isso, houve uma reparação na estrutura física em 1958. Tava se deteriorando e foi retirado os acréscimos de detalhes barrocos. Se você olhar as fotos anterior a isso, vai perceber que a igreja tinha esses detalhes do barroco”, acrescenta o Padre Josivan Bezerra. A igreja é do estilo Maneirista, corrente anterior ao Barroco no País.

Turismo


De fato, a obra traz um valor simbólico ao turismo local. Embora tenha um dos centros históricos mais antigos do Brasil, Igarassu não está na rota principal dos turistas que vêm ao Estado - assim como nas outras cidades do Litoral Norte. Comerciantes, moradores e frequentadores reclamam do vazio nas ruas históricas da cidade. “Às vezes tem dois, três ou quatro turistas durante a tarde. Eles vêm aqui me perguntando onde tem banheiro e respondo que não tem. Então se deslocam para o centro comercial. São esses problemas que acontecem aqui”, diz o comerciante Emanuel Nascimento, de 56 anos.

Divulgação também é um problema que impede os turistas de frequentarem o lugar. Rubens da Silva Santana, de 35 anos, mora em Paulista, também na RMR, e nunca havia visitado o Sítio Histórico de Garanhuns. “A primeira vez que eu venho aqui. Aproveitei que vim resolver uns compromissos e vim conhecer melhor o lugar. Além de ser muito bonito, ainda tem a paisagem natural ao fundo, com os coqueiros. Só havia passado de carro. Acho que merecia mais divulgação”, contou, enquanto a equipe de reportagem estava no local. 

De acordo com o secretário Rodrigo Uchikawa, as obras fazem parte de um ciclo de ações da prefeitura para aumentar o fluxo turístico de Igarassu. “Junto ao Estado, estamos fazendo a iluminação dos patrimônios históricos, colocando uma nova iluminação no Centro. Queremos que Igarassu deixe de ser um turismo de passagem, ou seja, que as pessoas permaneçam mais dias aqui na cidade. Para isso, tentamos unir um turismo sacro-religioso-histórico junto com nosso litoral", enfatiza Uchikawa.

Veja também

Direita alemã demite membro que sugeriu mandar imigrantes para câmara de gás
mundo

Direita alemã demite membro que sugeriu mandar imigrantes para câmara de gás

Jovem Talento CIEE: programa terá como foco capacitação de alunos do ensino médio
Educa Mais Brasil

Jovem Talento CIEE: programa terá como foco capacitação de alunos do ensino médio