Imagens de tiroteio em ônibus na BR-101 são enviadas à Polícia Civil

Vídeos devem ajudar a identificar os três suspeitos de assaltar um coletivo que conseguiram fugir

Investidas a coletivos na BR-101 são constantesInvestidas a coletivos na BR-101 são constantes - Foto: Peu Ricardo/Arquivo Folha

 

Imagens de câmeras do ônibus da linha UR-05/Barro, assaltado na BR-101 na noite da última segunda-feira (10), já foram encaminhadas à Polícia Civil e devem ajudar na identificação de três suspeitos do crime que conseguiram fu­gir.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE), o coletivo con­ta com quatro equipamentos, já em conformidade com a resolução do Conselho Superior de Transporte Metropolitano que determina esse número de filmadoras em toda a frota de ônibus do Grande Recife até janeiro do ano que vem. Na ação, outros dois envolvidos morreram baleados por um policial militar reformado, que estava a bordo. Dois passageiros ficaram feridos, mas passam bem.

Na hora da ocorrência, o veículo estava lotado. Os assaltantes já estavam recolhendo pertences dos passageiros quando teria começado a troca de tiros. Todos teriam se abaixado. Só após alguns instantes, percebeu-se que dois suspeitos estavam mortos: um jovem de 16 anos e homem de 21. Um terceiro envolvido foi preso por policiais militares na mesma noite.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O policial que reagiu se apresentou na delegacia e foi liberado. “Algumas pessoas foram ouvidas, por conta do flagrante, e hoje (ontem) solicitamos imagens das câmeras. O ônibus também já passou por perícia”, informou o delegado Diogo Melo.

A abordagem criminosa ocorreu num trecho conhecido pelos assaltos a ônibus: entre o bairro de Jardim São Paulo, na Zona Oeste da Capital, e a comunidade dos Milagres, na Zona Sul. No primeiro semestre, a BR-101 figurava entre os dez corredores de transporte onde mais casos ocorriam. Passageiros se arriscam em viagens com poucas paradas e escuridão nos arredores, o que facilita investidas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização é feita com rondas. Ações conjuntas são realizadas com as polícias Civil e Militar.

 

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro