Imigrante é detido no porto do Recife

Camaronês desempregado teria embarcado no navio da Oceania no Porto de Duala, na República dos Camarões

Carlos Siqueira é presidente do PSBCarlos Siqueira é presidente do PSB - Foto: Divulgação

Um imigrante de origem africana, do país República dos Camarões foi detido, em um navio cargueiro, com bandeira da Oceania, no Porto de Suape, no final da manhã da sexta-feira (11). O camaronês de 29 anos foi encontrado desnutrido. A Anvisa foi ao navio analisar o paciente e constatou que ele não possui nenhuma doença infecto contagiosa.

A Polícia Federal (PF) acredita que Jacques Ndedi Mbella tenha embarcado clandestinamente no Porto de Duala, na República dos Camarões, quando o navio estava atracado para retirar parte da carga de açúcar do navio.

O capitão da embarcação informou a PF que nenhum estrangeiro foi encontrado durante as vistorias na embarcação na saída do Porto de Duala.

O imigrante será levado para a sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, no Recife, na manhã desta segunda-feira (14) para prestar esclarecimentos.

Os policiais confirmarão sua identidade e darão entrada nos tramites para a repatriação. Caso a burocracia seja resolvida antes do navio retornar ao Porto de Duala ele segue com a tripulação. Caso contrário, ficará em um hotel no Recife enquanto os tramites são finalizados para depois ser repatriado.

Em 2016, seis albaneses também foram encontrados clandestinamente a bordo de um navio e já foram repatriados.

Veja também

Gravidez com amparo e consciência é o desafio para algumas mulheres
Zoom

Gravidez com amparo e consciência é o desafio para algumas mulheres

Nordeste pode ter segunda onda de Covid-19 nos próximos meses, alerta comitê
Coronavírus

Nordeste pode ter segunda onda de Covid-19 nos próximos meses, alerta comitê