INCLUSÃO

Imip promove Curso de Libras para capacitar assistentes administrativos do Ambulatório Central

Cerca de 27 funcionários estão participando da 1ª turma, que terá dois meses de duração

IMIP promove Curso de Libras para capacitar assistentes administrativos do Ambulatório CentralIMIP promove Curso de Libras para capacitar assistentes administrativos do Ambulatório Central - Foto: Imip/Divulgação

Com o objetivo de promover a inclusão no espaço ambulatorial, o Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (Imip) está promovendo um curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para capacitar os assistentes administrativos das recepções do Ambulatório Central.

Cerca de 27 funcionários estão participando da 1ª turma, um piloto que terá dois meses de duração.  As aulas iniciaram em março de 2024, mas a perspectiva é ampliar as turmas e contemplar todos os assistentes administrativos do hospital, que somam 293 ao total, com a possibilidade também de incluir as demais áreas da instituição.  

“Pretendemos capacitar nossos assistentes administrativos a se comunicarem de forma mais eficaz com os pacientes surdos, mas também promover uma cultura de inclusão e respeito em toda a instituição”, afirmou a coordenadora de Enfermagem, Izabel Oliveira, uma das organizadoras do curso, juntamente com a enfermeira Ana Paula Barbosa, da Educação Permanente.

“Quando eles não são entendidos, ficam ansiosos”, afirma Ana Paula, em relação aos usuários com deficiência auditiva.

Essa é uma iniciativa conjunta entre a gestão hospitalar, a educação permanente, a coordenação dos assistentes administrativos e a coordenação dos ambulatórios do Imip

Os participantes do curso já sentem a diferença no cotidiano do hospital. “Quando aprendemos Libras, isso diminui a barreira da comunicação ao marcar uma consulta ou indicar um encaminhamento”, explicou a supervisora Elineuza Silva.

A ascensorista Sônia Batista relata que já usou dos conhecimentos da linguagem de sinais, que aprendeu durante o curso, para auxiliar um paciente. “Além de diminuir a exclusão, a gente leva esse aprendizado para a vida”, afirmou.

Veja também

ONU envia casas modulares para vítimas de enchentes no Rio Grande do Sul; veja como são moradias
AJUDA

ONU envia casas modulares para vítimas de enchentes no Rio Grande do Sul; veja como são moradias

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga
Meio Ambiente

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga

Newsletter