Imunoterapia em Bruno Covas está sendo eficaz, dizem médicos

O prefeito de São Paulo faz tratamento contra câncer nos linfonodos

Bruno Covas, prefeito de São PauloBruno Covas, prefeito de São Paulo - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que faz tratamento contra o câncer, passou por novos exames na manhã desta terça-feira (28). Segundo a equipe médica que o acompanha, os exames revelaram que o tratamento está sendo eficaz no combate ao câncer que persiste nos linfonodos.

Em outubro do ano passado, Covas foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer na região de transição do esôfago para o estômago, além de uma metástase no fígado e uma lesão nos linfonodos. Após o diagnóstico, ele iniciou um tratamento de quatro meses de quimioterapia.

Em fevereiro deste ano, exames demonstraram regressão da lesão esôfago-gástrica e da lesão hepática, mas uma biópsia detectou que o câncer nos linfonodos ainda persistia e os médicos decidiram então iniciar uma nova fase de tratamento, baseado em imunoterapia, uma estratégia que permite ao próprio sistema imune do paciente combater a doença.

Leia também:
Covas anuncia cloroquina nos hospitais públicos de São Paulo
Bruno Covas decreta situação de emergência em São Paulo para enfrentar o coronavírus


Com o resultado dos exames realizados hoje, a equipe médica do hospital Sírio-Libanês, que atende o prefeito, decidiu que ele seguirá realizando aplicações endovenosas de imunoterapia a cada três semanas. Ele também deve passar por uma nova bateria de exames de imagens para controle daqui a dois meses. Segundo os médicos, Covas está apto a continuar exercendo suas atividades.

Veja também

Em janeiro, Brasil deve ter doses para só 30% do público inicial
Vacina

Em janeiro, Brasil deve ter doses para só 30% do público inicial

Anvisa decide autorização emergencial para uso de vacinas
Saúde

Anvisa decide autorização emergencial para uso de vacinas