A-A+

Incêndio no Museu Nacional foi controlado por volta das 3h

Oficialmente, o Corpo de Bombeiros informou que não há ainda dados sobre as causas das chamas

Incêndio atinge o Museu Nacional do Rio de JaneiroIncêndio atinge o Museu Nacional do Rio de Janeiro - Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, situado na Quinta da Boa Vista, na capital do Rio de Janeiro, foi controlado apenas por volta das 3h da manhã desta segunda-feira (3). Porém, os bombeiros continuam no local fazendo o trabalho de rescaldo e de combate a outros focos de fogo. As informações são do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

Até o momento, não há registros de focos de incêndio na mata que cerca o museu, localizado em um parque nacional. O Corpo de Bombeiros informou que a partir das primeiras horas desta manhã homens de 13 quartéis e 24 viaturas estavam no local. Integrantes da Polícia Federal, Polícia Militar e da Guarda Municipal, além de profissionais de saúde, também foram chamados para colaborar com os trabalhos.

Leia também:
Incêndio atinge o Museu Nacional da UFRJ, na Quinta da Boa Vista

Vários diretores, funcionários e pesquisadores do Museu Nacional passaram a noite no local acompanhando os trabalhos e tentando colaborar. Havia preocupação com as dificuldades em controlar as chamas, a ausência de água e o risco de desabamento.

Oficialmente, o Corpo de Bombeiros informou que não há ainda dados sobre as causas do incêndio. No domingo (2), funcionários do museu relataram problemas na obtenção de água, pois dois hidrantes não funcionaram no momento em que os bombeiros estavam no local. Como o museu está em uma colina, no parque nacional, há uma série de limitações para o fornecimento de água. Os bombeiros confirmaram que o abastecimento de água foi feito por carros-pipa, cedidos pela companhia de água e esgoto do Rio de Janeiro.

Veja também

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste
Imunizantes

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste

Família do Recife recebe da União dinheiro para remédio mais caro do mundo para bebê com AME
Após ação na Justiça

Família do Recife recebe da União dinheiro para remédio mais caro do mundo para bebê com AME