Indignação marca primeiro dia de nova tarifa do metrô no Recife

Passageiros reclamam do aumento da tarifa de metrô, que saiu de R$1,60 para R$2,10 neste domingo (5). Em março de 2020, reajuste será de 150%, quando valor da passagem custará R$4

Na bilheteria, novo preço da tarifa ganha destaqueNa bilheteria, novo preço da tarifa ganha destaque - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O clima de indignação marcou o primeiro dia que passou a vigorar o aumento escalonado da passagem de metrô do Recife, neste domingo (5). Na estação central da cidade, passageiros estavam inconformados com o reajuste que equivale a 31,25% da tarifa original, que saltou de R$1,60 para R$2,10.

Vale lembrar que este foi o primeiro de seis reajustes programados no preço da passagem de metrô. Até março de 2020, para ter acesso ao sistema de trens que contempla além do Recife, os municípios de Jaboatão, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, os usuários terão que pagar uma tarifa de R$4. “É um verdadeiro absurdo a passagem aumentar dessa maneira. E o pior é saber que ainda irá aumentar mais”, comentou a dona de casa Gerliane Ferraz, 48 anos.

Leia também:
Tarifa do metrô do Recife vai para R$ 2,10 a partir de domingo
Justiça autoriza reajuste de 87,5% na tarifa do Metrô do Recife
Corpo de homem é achado na linha férrea do Metrô do Recife  


Já para a professora de geografia, Flávia Silva, que sai todos os dias de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes rumo ao bairro de Boa Viagem, zona Sul recifense, o pior de tudo não é o preço. “Este aumento de agora é até aceitável. Afinal, já tem muito tempo que a tarifa não tem reajuste. No entanto, pensar que esse preço chegará a R$4 sem vir associado a um transporte com qualidade nenhuma, isto sim, é que é inaceitável”, argumenta.

O próximo reajuste acontece no dia 7 de julho, quando a tarifa passará a ser R$ 2,60. Em seguida, no dia 8 de agosto, passará a custar R$ 3. Após essa fase, o outro aumento volta a ocorrer no dia 3 de novembro, quando a tarifa irá custar R$3,40. Em janeiro de 2020, quando acontece o quinto aumento escalonado, a passagem será R$ 3,70 e em março, a passagem finalmente termina de ser reajustada, passando a custar os R$ 4, o que acontece no dia 7. Com isso, o aumento acumulado da tarifa do metrô da cidade, paga diariamente por cerca de 400 mil usuários, será de 150%.

Veja também

Ministério Público denuncia homem preso por furto de bicicleta no Leblon
Crime

Ministério Público denuncia homem preso por furto de bicicleta no Leblon

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa
Economia

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa