Polícia

Influenciadora é morta a tiros em frente a casa de shows no Ipsep

Vítima teria saído do estabelecimento para pegar um carro de aplicativo quando um desconhecido se aproximou e realizou os disparo

Bruna Marques tinha perfil com mais de 100 mil seguidores no InstagramBruna Marques tinha perfil com mais de 100 mil seguidores no Instagram - Foto: Reprodução/Instagram

A influenciadora digital Bruna Marques, de 21 anos, foi assassinada a tiros na madrugada desta segunda-feira (21), em frente a casa de shows Bar do Avião, localizada na rua Dr. Raposo Pinto, no Ipsep, Zona Sul do Recife. O estabelecimento fica a apenas 200 metros da Delegacia de Polícia do bairro. 

A vítima teria saído do estabelecimento para pegar um carro de aplicativo quando um desconhecido se aproximou e realizou os disparos, de acordo com informações iniciais da Polícia Civil de Pernambuco. O suposto autor do crime fugiu em seguida e não foi preso

"As investigações foram iniciadas e seguem até elucidação do crime", informou a corporação. O caso foi registrado como homicídio doloso consumado pela Força-Tarefa de Homicídios da Capital. 


 
Segundo relatos do local, Bruna estaria acompanhada de uma amiga e chegou ao bar após não conseguir entrar em um outro nas proximidades. Em seu perfil no Instagram, com mais de 105 mil seguidores, a jovem compartilhou diversos stories da festa, inclusive marcando o local onde estava.

O crime ocorreu próximo ao horário de encerramento do bar, por volta das 4h45. O estabelecimento, que funciona há cerca de 8 anos no Ipsep, abre de sexta a domingo. Segundo a Polícia Civil, as investigações do homicídio ficarão a cargo do delegado Bruno de Ugalde, da 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios.

O local tem câmeras de segurança ao redor e as imagens devem ser solicitadas pela polícia para ajudar nas investigações e chegar ao autor do crime. 

O corpo de Bruna foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Recife. Ainda não há informações sobre velório e enterro da jovem, que deixa dois filhos.
 

Veja também

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle
Família real

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid
Negacionismo

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid