Férias

Instituto realiza colônia de férias gratuita para crianças e adolescentes autistas no Recife

Iniciativa contemplará programação voltada para crianças e adolescentes em grade especial ao longo do mês de julho

Oficina do IDA promove diversas atividadesOficina do IDA promove diversas atividades - Foto: Divulgação/Base para Tudo

Crianças e adolescentes de três a 17 anos diagnosticados no Transtorno do Espectro Autista (TEA) poderão participar de uma colônia de férias organizada pelo Instituto do Autismo (IDA), no Recife. A proposta é gratuita e ocorrerá durante todas as terças e quintas de julho

De acordo com o IDA, a apresentação do laudo médico é o único pré-requisito para a inscrição. Serão ofertadas atividades esportivas e de lazer.

A colônia terá dois turnos: pela manhã, das 8h30 às 11h30; e à tarde, das 13h30 às 16h30. As vagas são limitadas e as agendas estão disponíveis para duas unidades: Imbiribeira (R. Gonçalves de Magalhães, 699) e Boa Viagem (R. Bruno Veloso, 52).

“Propusemos a realizar uma colônia de férias totalmente inclusiva e gratuita, cheia de alegria e diversão para acolher essas famílias. Nossa expectativa é de recebermos mais de 250 crianças durante todo o período”, pontua o sócio-fundador e atual CEO do IDA, Kadu Lins.

Na programação, estão atividades que conciliam brincadeiras e aprendizado. Entre elas, exercícios de coordenação motora e estimulação cognitiva, além de grade esportiva com aulas de futebol, natação, vôlei, tênis e parede de escalada. 

“Nossa equipe conta com toda estrutura profissional para um acompanhamento com o melhor nível possível. Temos psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, profissionais de educação física, nutricionistas, musicoterapeutas, fisioterapeutas, aplicadores aba á disposição da criançada, entre outros especialistas. Todos estarão disponíveis durante a colônia”, complementa Kadu.

Dúvidas sobre a colônia podem ser tiradas diretamente com o IDA, através do contato (81) 9.8237-6247.

Veja também

Julho registra temperatura média mais alta da história
Calor

Julho registra temperatura média mais alta da história

Bando de videntes atua há mais de 20 anos e tem histórico de investigações
Rio de Janeiro

Bando de videntes atua há mais de 20 anos e tem histórico de investigações