MUNDO

Irã executa cinco homens condenados por estupro

Irã executou 582 pessoas em 2022, mais do que qualquer outro país com a pena de morte, com exceção da China

Bandeira do IrãBandeira do Irã - Foto: iStock

O Irã executou por enforcamento nesta quarta-feira cinco homens condenados pelo estupro de uma mulher em 2022 no nordeste do país, anunciou o sistema judiciário do país.

"Os cinco homens que sequestraram e estupraram uma mulher na cidade de Marand em maio de 2022 foram executados hoje (quarta-feira)", anunciou o site do judiciário Mizan Online.

"Os condenados, que tinham vários antecedentes criminais, foram detidos quatro dias após o crime", informou o site.

O Irã executou 582 pessoas em 2022, mais do que qualquer outro país com a pena de morte, com exceção da China, de acordo com várias ONGs de defesa dos direitos humanos.

A Anistia Internacional informou em junho que o país havia executado 282 pessoas desde o início de 2023, quase o dobro do número de execuções registradas durante o mesmo período do ano passado.

No início de julho, a justiça iraniana anunciou a execução de três homens condenados por estuprar mulheres que eles haviam anestesiado depois de atraí-las para uma falsa clínica de cirurgia estética.

Veja também

Meningite: conheça as causas, os sintomas e as formas de evitar a doença
Prevenção

Meningite: conheça as causas, os sintomas e as formas de evitar a doença

TikTok: app vai ser banido nos EUA? Entenda o que acontece agora com a rede social
Rede Social

TikTok: app vai ser banido nos EUA? Entenda o que acontece agora com a rede social

Newsletter