Estado palestino

Irlanda anunciará reconhecimento do Estado palestino, afirma imprensa local

Na semana passada, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, também disse que, nesta quarta, anunciaria uma data para o reconhecimento do Estado palestino

PalestinaPalestina - Foto: Atta Kenare / AFP

O governo da Irlanda oferecerá uma coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (22) que, segundo a mídia local, servirá para anunciar sua decisão de reconhecer o Estado palestino.

O comparecimento liderado pelo primeiro-ministro Simon Harris foi convocado para as 8h locais (4h em Brasília), segundo a agenda do governo deste país-membro da União Europeia (UE).

Seus líderes deram indícios de um possível reconhecimento do Estado palestino por volta do fim de maio e, segundo a emissora pública RTE e o jornal Irish Times, a entrevista coletiva servirá para anunciar oficialmente sua decisão.

Na semana passada, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, também disse que, nesta quarta, anunciaria uma data para o reconhecimento do Estado palestino.

Sánchez anunciou em março que Espanha, Irlanda, Eslovênia e Malta haviam acordado avançar para o reconhecimento de um Estado palestino ao lado de Israel, promovendo a solução de dois estados para a paz no conflito palestino-israelense.

Embora os Estados Unidos e a maioria dos países do Ocidente se mostrarem dispostos a reconhecer no futuro um Estado palestino, evitam fazê-lo antes de um acordo de paz entre israelenses e palestinos que resolva questões sensíveis como as fronteiras e o status de Jerusalém.

Até agora, a Suécia é o único país da Europa Ocidental a reconhecer o Estado palestino, uma decisão tomada em 2014. Outros seis países do bloco já tinham feito isso anteriormente: Bulgária, Chipre, Hungria, Polônia, República Tcheca e Romênia.

Veja também

Feijão: como cozinhar o alimento para ele não dar gases?
CURIOSIDADES

Feijão: como cozinhar o alimento para ele não dar gases?

Ministério da Saúde de Gaza anuncia balanço de 37.551 mortos na guerra
GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

Ministério da Saúde de Gaza anuncia balanço de 37.551 mortos na guerra

Newsletter