Irritado, Ciro Gomes descarta aliança com o PT em 2018

Petebista criticou Partido dos Trabalhadores por cogitar apoio a Rodrigo Maia

Ciro GomesCiro Gomes - Foto: Reprodução

Em entrevista ao Blog Política do jornal O Povo, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) não poupou críticas ao PT após o partido cogitar apoiar Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, uma vez que o PDT tem André Figueiredo como candidato. “Essas alianças (PT-PDT) são de conveniência e eu estou cansado disto”, disse o ex-ministro.

As críticas também sobraram para o PCdoB, que tal qual o PT, cogitou apoiar o candidato do DEM. A aliança, aliás, está sendo está sendo duramente criticadas por militantes e parlamentares. No Senado, as siglas também estudavam o apoio a Eunício Oliveira (PMDB), aliado de Michel Temer (PMDB).

O pedetista chegou a afirmar que o PT “não aprendeu nada” ao querer fazer aliança com os “canalhas” que praticaram o “golpe”. “Como é que pode o PT, que é o partido da Dilma, agora votar no Eunício Oliveira e no Rodrigo Maia para compor maiorias de corruptos, em troca de carguinhos? O PT não aprendeu nada, será possível isso?”, questionou.

Depois de receber várias críticas, o PT já estuda desistir do apoio a Maia e Eunício. O presidente do PT, Rui Falcão, admitiu “divergências” internas quanto ao tema.
Sobre sua candidatura à presidência da República em 2018, Ciro disse que “nunca se iludiu” com o apoio do PT e que o partido está “certo” em lançar Lula ao cargo.

Veja também

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês