Itália

Itália coloca sob tutela do Estado a gigante siderúrgica Ex-Ilva

Altamente endividada, a ex-Ilva, uma das maiores usinas siderúrgicas da Europa

Altamente endividada, a ex-Ilva, uma das maiores usinas siderúrgicas da EuropaAltamente endividada, a ex-Ilva, uma das maiores usinas siderúrgicas da Europa - Foto: Andreas Solaro/AFP

O governo italiano decidiu, nesta segunda-feira (19), colocar sob tutela do Estado a gigante siderúrgica ex-Ilva, propriedade da ArcelorMittal, para garantir a continuidade de suas operações e proteger milhares de empregos, informaram fontes próximas ao caso à AFP.

Após meses de negociações infrutíferas com a ArcelorMittal, acionista majoritária, o governo de Giorgia Meloni anunciou essa decisão em uma reunião em Roma com os líderes das empresas da cadeia de suprimentos da usina siderúrgica, localizada em Tarento, no sul do país.

Altamente endividada, a ex-Ilva, uma das maiores usinas siderúrgicas da Europa, não consegue mais remunerar grande parte de seus fornecedores nem pagar as contas de gás e eletricidade.

Nos próximos dias, o Ministério Italiano de Empresas nomeará comissários que assumirão o controle da ex-Ilva para elaborar um plano de resgate enquanto aguardam um novo investidor.

A sociedade pública de investimentos Invitalia pediu no domingo à noite ao Ministério de Empresas que iniciasse o procedimento após a "rejeição" da ArcelorMittal de injetar mais dinheiro na usina siderúrgica.

Nesta segunda-feira, a ArcelorMittal declarou estar "surpresa e decepcionada" com a iniciativa do governo, que, segundo o grupo, não foi comunicada ao Conselho de Administração da operadora da usina siderúrgica, Acciaierie d'Italia, que havia se reunido no dia anterior.

A Acciaierie d'Italia era controlada em 62% pela ArcelorMittal e 38% pelo Estado italiano.

A ArcelorMittal havia assumido o controle do grupo Ilva, com 10.700 funcionários, dos quais 8.200 estão na usina de Tarento.

Veja também

Ginástica laboral é fundamental para bons resultados no ambiente de trabalho, explica especialista
SAÚDE

Ginástica laboral é fundamental para bons resultados no ambiente de trabalho, explica especialista

A ofensiva russa na Ucrânia pode se intensificar, alerta Zelensky
CONFLITO

A ofensiva russa na Ucrânia pode se intensificar, alerta Zelensky

Newsletter