Já foram autuados 379 estabelecimentos por funcionamento indevido no Recife

Operação para cumprimento do Decreto Estadual foi realizada no largo comercial de Beberibe nesta terça (26) e quarta-feira (27)

Operação para cumprimento do decreto que impôs quarentena rígida em PernambucoOperação para cumprimento do decreto que impôs quarentena rígida em Pernambuco - Foto: Andrea Rego Barros / PCR

O largo comercial de Beberibe foi o quinto local a receber a operação da Prefeitura do Recife para cumprimento do Decreto Estadual que impôs maior rigidez à quarentena. Realizada nesta terça (26) e quarta-feira (27), a operação autuou 77 estabelecimentos e 22 precisaram fechar as portas. Funcionários de diversos órgãos percorreram o comércio do bairro para garantir o cumprimento da medida. Entre as ações, houve distribuição de máscaras, colocação de álcool e as blitz de veículos para verificação das placas e autorização de tráfego.

Os bairros de Casa Amarela, Nova Descoberta, Água Fria e Afogados já receberam uma ação semelhante à realizada em Beberibe. Até esta quarta-feira (27), foram realizadas 587 vistorias, que resultaram em 377 autuações, sendo 143 encerramentos de atividades ou embargos de obras e 236 notificações para ajustes de adequação. 

Leia também:
Doria estende quarentena e permite reabertura restrita de lojas e shoppings na capital paulista
Comissão de ética determina 'quarentena' remunerada de seis meses a Mandetta

Durante a ação, vários estabelecimentos do comércio formal e pessoas do comércio informal foram abordadas, o que resultou em 77 autuações, sendo 55 notificações para ajustes e adequações, 20 encerramentos de atividades que não estão autorizadas pelo Decreto Estadual e 02 embargos de obras. Entre os estabelecimentos que tiveram suas atividades encerradas no bairro estavam lojas de roupas, lanchonete, loja de móveis, tabacaria, loja de eletrônicos, de utensílios domésticos e bares.

De acordo com Suellen Chagas, Chefe da Divisão Norte da Dircon, a maioria das notificações foram ocasionadas por ausência de marcadores de distanciamento no chão, pouco controle na quantidade de clientes dentro do estabelecimento e falta de funcionário portando álcool 70% na entrada para oferecer aos clientes. “Quase todos se comprometem imediatamente a corrigir as falhas para continuar funcionando, destacou. “Além disso, alguns estabelecimentos foram fechados por não se enquadrarem no perfil autorizado a funcionar de acordo com Decreto Estadual”, acrescentou.

Ainda em Beberibe, a Prefeitura do Recife também realizou a distribuição de máscaras e a aplicação de álcool 70% na entrada do Mercado Público e na Feira, e manterá as ações de distanciamento e higienização que já vêm sendo realizadas dentro de equipamentos públicos ao longo dos dias da Quarentena Rígida. Segundo Rúbia de Melo, Chefe da Divisão de Engenharia e Fiscalização da Csurb, desde quinta-feira, estão sendo distribuídas cerca de 50 máscaras por dia no Mercado de Beberibe. “Já em Afogados e Casa Amarela, que tem mais movimento, estamos distribuindo cerca de 200 máscaras por dia”, completou.

A Guarda Municipal prestou apoio ao trabalho realizado pelos demais servidores, além da Polícia Militar de Pernambuco. Já o Procon Recife, além de fiscalizar o cumprimento do Decreto Estadual, também realizou o monitoramento dos preços aplicados nos produtos em alguns estabelecimentos para verificar se existe abuso no valor ou produtos impróprios para venda com o prazo de validade vencido.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista
Saúde

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado
Astrazeneca/Oxford

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado