Jaboatão entrega alimentos a condutores de transporte escolar

Os 200 trabalhadores receberão os insumos a partir das 9h, em esquema de drive-thru, no estacionamento do Centro Cultural Miguel Arraes, no bairro de Prazeres

As 5 toneladas serão distribuídas nesta quinta-feira (07)As 5 toneladas serão distribuídas nesta quinta-feira (07) - Foto: Chico Bezerra/ Ascom

Com as suspensões das aulas em março, devido à pandemia do novo coronavírus, muitos dos condutores de transporte escolar do município do Jaboatão dos Guararapes se viram afetados pela crise econômica. Pensando nesses trabalhadores que tiveram seus contratos de serviços rompidos com as escolas, a prefeitura do município irá distribuir, nesta quinta-feira (07), aos 200 permissionários e condutores cadastrados, cinco toneladas de alimentos e produtos de higienização.  

Os trabalhadores receberão os insumos a partir das 9h, em esquema de drive-thru, no estacionamento do Centro Cultural Miguel Arraes, no bairro de Prazeres. Cada trabalhador irá ganhar uma cesta básica, um kit de higienização e também máscaras de proteção. É necessária ainda a apresentação do Termo Permissionário (TP). "A pandemia além da questão da saúde, está causando também um impacto na economia do município. Estamos tentando suprir as necessidades dessa população que não sofre só pelos efeitos da doença, mas também pelo impacto econômico", disse o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira.

Leia também:
CBTU passa ao comando do PSC e Jaboatão seria pano de fundo
Voluntários fazem campanha para a doação de máscaras para moradores de rua
Teich diz que governo vai propor lockdown para cidades com maior transmissão do coronavírus


Em reunião com o gestor do município, representantes dos permissionários receberam a notícia na última quarta-feira (6)."Fiz questão de recebê-los, para ouvir seus pleitos e comunicar que amanhã vamos fazer essa distribuição de cestas básica. É uma categoria que não faz apenas o transporte escola, mas assume o papel de pais de milhares de crianças e jovens", afirmou o prefeito.

São três entidades licenciadas ao município que fazem o cadastro dos motoristas e permitem que eles circulem legalmente pelo município. São elas: Sindicato do Transporte Escolar, Associação de Transporte Escolar de Pernambuco e a Cooperativa Transnortesul. O documento a ser apresentado por parte do permissionários, o TP, será confrontado com a relação de nomes que os funcionários da prefeitura possuem.

“Com a suspensão das aulas, no dia 18 de março, ficamos sem rendimentos porque os pais deixaram de pagar as mensalidades do transporte escolar. Há colegas que estão realmente passando por necessidades", disse o diretor da cooperativa Transnortesul, César Souza.

Estudantes

Os estudantes também serão beneficiados. Nesta quinta-feira (7), às 9h, iniciará a distribuição da terceira leva de kits de alimentos aos pais ou responsáveis dos 65 mil estudantes da rede municipal. Ao todo serão 670 toneladas de alimentos. Também será distribuído o caderno de atividades "Turbinando o Conhecimento", para a revisão dos conteúdos aprendidos.

O esquema da distribuição começa , nesta quinta-feira (7), com as unidades escolares da Regional 1. Na sexta-feira (08), será nas escolas da Regionais 3 e 5. Na próxima terça-feira (12), será a vez das Regionais 2 e 6, e, na quarta-feira (13), nas Regionais 4 e 7.

Veja também

Acidente de trânsito mata 37 no Mali
Mundo

Acidente de trânsito mata 37 no Mali

Cabo de Santo Agostinho inicia entrega de caderno de atividades para alunos da rede Municipal
Educação

Cabo de Santo Agostinho inicia entrega de caderno de atividades para alunos da rede Municipal