Jaboatão suspende aulas, mas mantém serviços de saúde

Ambulâncias estão disponíveis para os casos de emergência, a Guarda Municipal continua nas ruas e os agentes de trânsito de prontidão

Anderson FerreiraAnderson Ferreira - Foto: Divulgação

Em razão da crise dos combustíveis, a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes divulgou comunicado à Imprensa, na tarde deste domingo (28), suspendendo as aulas da rede municipal a partir desta segunda-feira (28). Também não haverá expediente administrativo, mas o prefeito e todo o secretariado estarão reunidos no gabinete para decidir novas ações. A exceção cabe apenas às unidades de saúde municipal, que funcionarão devido a um esquema especial de transporte montado para os profissionais.

"Quero garantir à população que os serviços essenciais serão atendidos, principalmente na área da saúde. Nossa frota está abastecida com o combustível que conseguimos no último sábado. E transportaremos todo o pessoal necessário para a nossa rede de saúde funcionar bem", assegurou o prefeito do município, Anderson Ferreira, por meio do comunicado.

Estado de emergência - Desde a sexta-feira (25), Jaboatão dos Guararapes está em estado de emergência, o que permite tomadas de decisões de urgência. Nesse sábado (26), a Prefeitura do Jaboatão conseguiu, por meio de liminar judicial, combustível para abastecer a frota de veículos. As ambulâncias estão disponíveis para os casos de emergência, a Guarda Municipal continua nas ruas e os agentes de trânsito de prontidão.

Veja também

Covid-19: mesmo com atraso, segunda dose da vacina deve ser tomada
Saúde

Covid-19: mesmo com atraso, segunda dose da vacina deve ser tomada

Ministério da Saúde autoriza 212 leitos de suporte ventilatório
Saúde

Ministério da Saúde autoriza 212 leitos de suporte ventilatório